Exportar registro bibliográfico

Análise microscópica da resposta do complexo dentino-pulpar em pulpotomia de dentes decíduos de cães com o uso da proteína morfogenética óssea (BMP) (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: STROPPA, SHEILA DE CARVALHO - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Subjects: PULPOTOMIA; DENTE DECÍDUO; PROTEÍNAS MORFOGENÉTICAS ÓSSEAS
  • Language: Português
  • Abstract: O procedimento endodôntico geralmente empregado no tratamento de polpa vital em dentes decíduos é a pulpotomia. Entretanto, essa técnica tem sido questionada devido a resultados clínicos insatisfatórios obtidos com relação à efetividade e segurança dos vários medicamentos utilizados nesse procedimento. O objetivo do presente estudo foi verificar, in vivo, a resposta do Complexo Dentino-Pulpar induzida pelo "pool" de Proteína Morfogenética Óssea (BMP) quando aplicada diretamente sobre o remanescente pulpar após pulpotomia em dente decíduo do cão. Além disso, avaliou-se a influência do tempo de aplicação do material sobre o estado do tecido pulpar em diferentes períodos experimentais. Vinte e quatro dentes (3os e 4os pré-molares inferiores) de 6 cães foram divididos em 2 grupos conforme os materiais usados: Grupo I - Teste: BMP (Gen-pro/ Baumer) em 18 dentes, e Grupo II - Controle: Hidróxido de Cálcio P.A. (Biodinâmica) em 6 dentes. Os animais foram sacrificados em 2 períodos pós-operatórios de 7 '+ OU -' 2 dias e 40 '+ OU -' 5 dias, e as peças obtidas foram processadas para análise microscópica. Verificou-se que, no período de 7 '+ OU -' 2 dias, o Grupo I - Teste apresentava um intenso infiltrado inflamatório crônico rico em macrófagos e neutrófilos, células gigantes multinucleadas, lacunas de reabsorção externa e camada odontoblástica ausente. No Grupo II - Controle, observaram-se tecido pulpar necrótico, reação inflamatória crônica com macrófagos ecélulas gigantes multinucleadas, camada odontoblástica ausente e reabsorção interna. No período de 40 '+ ou -' 5 dias, o Grupo I - Teste evidenciou remanescentes radiculares reabsorvidos, reabsorção externa, células clásticas, tecido ósseo neoformado e infiltrado inflamatório crônico. No Grupo II - Controle, notou-se a presença de reabsorção externa, ligamento periodontal substituído por tecido de granulação e células clásticas. Com a análise dos resultados, ) pode-se concluir que a resposta do Complexo Dentino-Pulpar induzida pelo "pool" de BMP consistiu de uma inflamação crônica com necrose pulpar, reabsorção radicular e neoformação óssea, sem ocorrência de reparo do tecido pulpar. No Grupo I - Teste, durante os períodos experimentais de 7 '+ OU -'2 dias e 40 '+ OU -' 5 dias, observou-se que o tecido pulpar não sofreu influência do "pool" de BMP, já que ocorreu uma evolução do processo inflamatório
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.03.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      STROPPA, Sheila de Carvalho; PAVARINI, Aymar. Análise microscópica da resposta do complexo dentino-pulpar em pulpotomia de dentes decíduos de cães com o uso da proteína morfogenética óssea (BMP). 2003.Universidade de São Paulo, Bauru, 2003.
    • APA

      Stroppa, S. de C., & Pavarini, A. (2003). Análise microscópica da resposta do complexo dentino-pulpar em pulpotomia de dentes decíduos de cães com o uso da proteína morfogenética óssea (BMP). Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Stroppa S de C, Pavarini A. Análise microscópica da resposta do complexo dentino-pulpar em pulpotomia de dentes decíduos de cães com o uso da proteína morfogenética óssea (BMP). 2003 ;
    • Vancouver

      Stroppa S de C, Pavarini A. Análise microscópica da resposta do complexo dentino-pulpar em pulpotomia de dentes decíduos de cães com o uso da proteína morfogenética óssea (BMP). 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021