Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência flexional: do módulo de elasticidade e do tipo de fratura de uma resina acrílica para restaurações provisórias - efeito de diversos reforços (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BASTOS, LUIZ GUSTAVO CAVALCANTI - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS; ELASTICIDADE; MECÂNICA DA FRATURA; RESINAS ACRÍLICAS; RESTAURAÇÃO DENTÁRIA TEMPORÁRIA; REABILITAÇÃO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: A importância das restaurações provisórias no tratamento reabilitador oral é inquestionável. Os materiais utilizados para a execução destas restaurações, entretanto, são críticos com relação à resistência e longevidade, principalmente, quando estas são executadas em tratamentos prolongados e/ou em espaços desdentados extensos. A proposta deste trabalho foi determinar o efeito de diversos reforços sobre a resistência flexional, o módulo de elasticidade e o tipo de fratura apresentados por espécimes confeccionados em uma resina poli(metilmetacrilato) (PMMA), quando submetidos a um teste de carga de três pontos. Sete tipos de reforços constituíram os grupos experimentais com dez espécimes cada: um fio de aço com 0,7 mm de diâmetro; um fio de amarrilho trançado; uma fibra de vidro trançada Interlig (Angelus); uma fibra de vidro entrelaçada Splint-It! (Jeneric-Pentron); uma fibra de vidro unidirecional Fibrante (Angelus); uma fibra de poli(etileno) Connect (Kerr) e uma fibra cerâmica flexível GlasSpan (GlasSpan). O grupo controle, também com dez amostras, foi composto de espécimes não reforçados. A confecção dos espécimes, o ensaio mecânico e cálculo da resistência flexional e do módulo de elasticidade foram realizados seguindo norma ISO 10477 - modificada. A análise dos resultados (ANOVA, p < 0,05), para ambas as propriedades, mostrou haver diferença estatística entre os grupos. O teste de Tukey encontrou que os grupos reforçados com fio de aço com 0,7 mm; fibraInterlig e fibra Connect aumentaram significantemente a resistência flexional, e que os ) espécimes reforçados foram consideradas mais favoráveis ocorrendo, predominantemente, os tipos Ausente e Parcial
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2003
  • Data da defesa: 30.04.2003
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BASTOS, Luiz Gustavo Cavalcanti; FERREIRA, Paulo Martins. Avaliação da resistência flexional: do módulo de elasticidade e do tipo de fratura de uma resina acrílica para restaurações provisórias - efeito de diversos reforços. 2003.Universidade de São Paulo, Bauru, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-15032005-161515/ >.
    • APA

      Bastos, L. G. C., & Ferreira, P. M. (2003). Avaliação da resistência flexional: do módulo de elasticidade e do tipo de fratura de uma resina acrílica para restaurações provisórias - efeito de diversos reforços. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-15032005-161515/
    • NLM

      Bastos LGC, Ferreira PM. Avaliação da resistência flexional: do módulo de elasticidade e do tipo de fratura de uma resina acrílica para restaurações provisórias - efeito de diversos reforços [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-15032005-161515/
    • Vancouver

      Bastos LGC, Ferreira PM. Avaliação da resistência flexional: do módulo de elasticidade e do tipo de fratura de uma resina acrílica para restaurações provisórias - efeito de diversos reforços [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-15032005-161515/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020