Exportar registro bibliográfico

Sobre a identidade política (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: BERRON, GONZALO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLP
  • Assunto: POLÍTICA (TEORIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho é uma tentativa de dar conta da categoria identidade política no debate da teoria política e social contemporânea. Por um lado, indagando as principais correntes de reflexão e discutindo com elas. Por outro, realizando um esforço por construir, como resultado do processo anterior, um arcabouço que proporcione elementos para a abordagem empírica das identidades políticas concretas. A exploração inicial responde à necessidade de explicar a relação que existe entre identidade política, ação coletiva e indivíduo. E é encaminhada pela discussão de autores tais como Charles Tilly, Alberto Melucci, Alessandro Pizzorno, Timan Evers e outros, dentro do que aqui denomino "visão sociológica" do problema da identidade. Em um segundo momento, a pesquisa se detém no aspecto "político" da identidade. Debates acerca da representação e sua relação com a identidade somam-se à preocupação pela noção de "unidade política", o papel da decisão e o substrato de conflito que jaz na origem de toda identidade. Por esta via, revela-se o caráter constitutivamente relacional das identidades, assim como seu íntimo nexo com o poder e a dominação. Este panorama inclui um diálogo com as obras de Carl Schimitt, Gerard Leibholz, Pierre Bourdieu, os teóricos argentinos Marcos Novaro e Aboy Carlés, entre outros. A natureza estrutural ou não da identidade aparecerá ao longo de todo este estudo como uma questão transversal; de uma forma ou de outra, todos os autores e escolas dão umaresposta ao dilema acerca da identidade estar ou não constituída em uma estrutura (econômica, social, moral, essencial, "real") que é anterior a sua representação atual. Esta polêmica também incorpora o discurso como dimensão central da análise. Uma porção importante deste volume é dedicada à obra de Ernesto Laclau e seus eventuais colegas de escritura. Este autor incorpora uma perspectiva ineludível para a ) discussão sobre identidade, pois enfrenta de forma complexa os mecanismos lógicos da formação da identidade política, ensamblando a tradição marxista com a perspectiva do pós-estruturalismo e a desconstrução. Contra as objeções apresentadas à possibilidade e utilidade que um conceito de identidade política pode ter, desenvolve-se uma proposta conceitual para o estudo das identidades concretas, que sinteticamente sustenta que a identidade é a resposta que os indivíduos dão constantemente, de forma coletiva ou inclusive individual, aos desafios que a dinâmica das sociedades lhes propõe
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.06.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERRÓN, Gonzalo; KOWARICK, Lúcio. Sobre a identidade política. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Berrón, G., & Kowarick, L. (2003). Sobre a identidade política. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Berrón G, Kowarick L. Sobre a identidade política. 2003 ;
    • Vancouver

      Berrón G, Kowarick L. Sobre a identidade política. 2003 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020