Exportar registro bibliográfico

O amor, labirinto feminino do Orlando Furioso (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: GONÇALVES, PATRICIA ALEXANDRA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Assunto: LITERATURA ITALIANA (CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação procura analisar a presença feminina na novela de cavalaria através da contraposição dessas personagens ao contexto histórico que as envolve. Paralelamente, analisamos o papel de cada uma no Orlando Furioso, correlacionando-as à figura de um labirinto que aparece tão claramente durante a leitura do romance: algumas o constroem, outras ficam aprisionadas nele, outras sabem como neutralizá-lo.A presença da magia e da mulher como elementos desconstrutores da ordem cavalheiresca e ao mesmo tempo como forças que auxiliam e protegem os homens.Ao longo desse texto, analisamos o modo como Ariosto criou as personagens, baseando-se nas qualidades e defeitos que compõem o ser humano de forma que encontramos no Furioso pessoas boas e más, belas e repugnantes, e percebemos também que inúmeras vezes Ariosto se vale de sua obra para questionar a sociedade que o cerca, valendo-se do famoso sorriso ariosteco
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.04.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Patrícia Alexandra; SOUZA, Vilma de Katinszky Barreto de. O amor, labirinto feminino do Orlando Furioso. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Gonçalves, P. A., & Souza, V. de K. B. de. (2003). O amor, labirinto feminino do Orlando Furioso. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gonçalves PA, Souza V de KB de. O amor, labirinto feminino do Orlando Furioso. 2003 ;
    • Vancouver

      Gonçalves PA, Souza V de KB de. O amor, labirinto feminino do Orlando Furioso. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021