Exportar registro bibliográfico

O estado de arte da contabilidade no estado do Maranhão, vis-a-vis o seu desenvolvimento econômico: 1755 a 1900 (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: ERICEIRA, FERNANDO JORGE - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAC
  • Subjects: CONTABILIDADE; DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivo mostrar o estado da arte da contabilidade no Maranhão, vis-a-vis o seu desenvolvimento econômico, no período de 1755 a 1900, identificando os fatos mais relevantes sem, contudo, estabelecer uma correlação entre eles. Esse período é marcado pela ascensão e apogeu do estado no panorama nacional. Para tornar possível essa tarefa, o trabalho foi dividido em três períodos de 50 anos cada, em cuja evolução sócio-economômica buscou-se identificar as condições de que a contabilidade necessitou para desenvolver as suas bases fundamentais, a saber: legislação, ensino, literatura e práticas contábeis. Para reconstruir esse pequeno pedaço da história contábil maranhense muitas foram as fontes consultadas, sobretudo as fontes primárias que compreenderam jornais, livros, documentos manuscritos, obras raras, livros de registros de comércio, dicionários bibliográficos, além de entrevistas com pessoas que detinham informações relevantes sobre o tema. Assim, ao longo das pesquisas encetadas, pode-se constatar que entre outros fatos relevantes para a história da contabilidade no Maranhão, estão: a primeira aula de comércio do Maranhão, em 1811; restabelecimento da aula de comércio e nomeação do novo lente aprovado em concurso público, Estevão Rafael de Carvalho, em 1832; publicação da "Metafísica da Contabilidade Comercial" de Estevão Rafael de Carvalho, em 1837; fundação do Liceu Maranhaense, em 1838 e nele havia o curso decomércio; em 1849, o Colégio Nossa Senhora da Conceição; em 1857 o Instituto Potuense com aulas de comércio; elaboração de demosntrações contábeis, principalmente a partir de 1865, com bastante valor informativo indo as vezes, além do exigido pela norma legal; anúncios de outras aulas de comércio, nos jornais locais de 1874 e 1876; a fundação da Escola de Comércio Centro Caixeiral com funcionamento em 1891
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.04.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ERICEIRA, Fernando Jorge; NASCIMENTO, Diogo Toledo do. O estado de arte da contabilidade no estado do Maranhão, vis-a-vis o seu desenvolvimento econômico: 1755 a 1900. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Ericeira, F. J., & Nascimento, D. T. do. (2003). O estado de arte da contabilidade no estado do Maranhão, vis-a-vis o seu desenvolvimento econômico: 1755 a 1900. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ericeira FJ, Nascimento DT do. O estado de arte da contabilidade no estado do Maranhão, vis-a-vis o seu desenvolvimento econômico: 1755 a 1900. 2003 ;
    • Vancouver

      Ericeira FJ, Nascimento DT do. O estado de arte da contabilidade no estado do Maranhão, vis-a-vis o seu desenvolvimento econômico: 1755 a 1900. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021