Exportar registro bibliográfico

Hermenêutica do existir do homem de meia-idade - paternidade, sexualidade e projetos de vida: um olhar à luz de Heidegger (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated author: TRINDADE, ELLIKA - FFCLRP
  • School: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: MASCULINIDADE; MEIA IDADE; PSICOLOGIA DO INDIVÍDUO
  • Language: Português
  • Abstract: Partindo de um contexto social demarcado por transformações sociais, como o incremento do uso de tecnologia e a inserção da mulher no mercado de trabalho, com a necessidade de maior flexibilização e preparo para nele se inserirem os cidadãos, bem como por transformações no âmbito das relações interpessoais, em especial as familiares, objetivamos, nesta tese, compreender como homens na meia-idade vivenciam esta fase do seu desenvolvimento. A meia-idade é um período demarcado por mudanças, em especial psicológicas para os homens. Isso porque a percepção do envelhecimento, da proximidade da fase adulta dos filhos e a competição com pessoas mais jovens no mercado do trabalho podem deflagrar a chamada "crise da meia-idade". Esse momento pode tanto levar a uma reflexão e a um redirecionamento existencial como a uma estagnação, demarcada pelo marasmo e receio de empreender mudanças, pois pode haver uma percepção de que a proximidade da morte faz parte de sua vida. Nosso olhar para os homens, nessa fase do desenvolvimento, norteou-se pelas facetas da paternidade, da sexualidade e de seus projetos de vida. A metodologia utilizada foi a fenomenologia ontológico-hermenêutica de Martin Heidegger em que a interpretação do existir humano é a principal tônica. Foram entrevistados sete homens com idade entre 41 e 52 anos, nível socioeconômico A e B, casados e com filhos adolescentes. Os resultados evidenciam que a inautenticidade - modo de ser em que o referencial são "osoutros" mostrou-se como principal norteadora da vida desses homens, embora a autenticidade -assunção das responsabilidades existenciais -, também. tenha se revelado. A afetividade, desvelada na preocupação com os filhos foi o principal sentido dos discursos. A inautenticidade revelou-se quando o futuro pessoal dos homens mesclou-se ao dos filhos, não havendo uma percepção de indivíduo, mas sim de que seu papel social norteia seu existir. A autenticidade .. foi vislumbrada quando a preocupação com suas relações afetivas e seus projetos de vida foram colocados em pauta. O envelhecimento mostrou-se tanto como impeditivo de mudanças, tendo no comodismo sua principal marca, como despertou questionamentos a respeito do modo de vida individual e afetivo. Esses aspectos evidenciam que a meia-idade, vivenciada no mundo pós-moderno, pode propiciar, por meio dos questionamentos que envolvem o existir humano, oportunidades de transformação no contexto das relações interpessoais, abrangendo o mundo familiar, bem como o social mais amplo. Essa fase do desenvolvimento pode proporcionar às novas gerações valores e crenças que lhes oportunizem reflexões e modelos de conduta que sejam alternativos aos que estão presentes nos relacionamentos sociais. A aproximação entre as gerações e a transmissão de questionamentos, dúvidas e anseios podem ser importantes caminhos a serem trilhados por todos os que se preocupam com o existir humano. Como horizontes,percebemos que os sentidos e significados do existir humano são múltiplos e que a fenomenologia ontológico-hermenêutica pode trazer contribuições para a ampliação da compreensão da existência ao desvelar, por intermédio da linguagem, nosso modo de ser
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.02.2003
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TRINDADE, Ellika; BRUNS, Maria Alves de Toledo. Hermenêutica do existir do homem de meia-idade - paternidade, sexualidade e projetos de vida: um olhar à luz de Heidegger. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-09032003-105542/ >.
    • APA

      Trindade, E., & Bruns, M. A. de T. (2003). Hermenêutica do existir do homem de meia-idade - paternidade, sexualidade e projetos de vida: um olhar à luz de Heidegger. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-09032003-105542/
    • NLM

      Trindade E, Bruns MA de T. Hermenêutica do existir do homem de meia-idade - paternidade, sexualidade e projetos de vida: um olhar à luz de Heidegger [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-09032003-105542/
    • Vancouver

      Trindade E, Bruns MA de T. Hermenêutica do existir do homem de meia-idade - paternidade, sexualidade e projetos de vida: um olhar à luz de Heidegger [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-09032003-105542/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022