Exportar registro bibliográfico

Diversidade de Xanthomonas spp. associadas a mancha-bacteriana em tomateiro para processamento industrial no Brasil (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: DUVAL, ALICE MARIA QUEZADO - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: CONTROLE QUÍMICO; VARIAÇÃO GENÉTICA EM PLANTAS; DOENÇAS DE PLANTAS; TOMATE
  • Language: Português
  • Abstract: A mancha-bacteriana, causada por bactérias do gênero Xanthomonas, é uma das doenças mais importantes da cultura do tomate (Lycopersicon esculentum Mill.) para processamento industrial no Brasil. A etiologia dessa doença é complexa e a ocorrência das espécies envolvidas nas epidemias em lavouras da cultura no país é notavelmente pouco conhecida. Os objetivos desta tese foram identificar as espécies/grupos genéticos e as raças presentes em campos comerciais nas macro-regiões produtoras do Brasil-Central e Nordeste, determinar a sensibilidade in vitro de isolados ao cobre e aos antibióticos estreptomicina e oxitetraciclina. Inicialmente, 447 isolados foram analisados quanto aos perfis de eletroforese de campo pulsado (PFGE) e quanto às atividades amidolítica e pectolítica. Após identificação dos haplótipos PFGE, grupos de isolados foram caracterizados através de testes de patogenicidade em tomateiro e pimentão, presença das proteínas a ou b, utilização de fontes de carbono, sensibilidade in vitro ao cobre, estreptomicina e oxitetraciclina, reação provocada em hospedeiras diferenciais de tomateiro e Capsicum e presença dos genes de avirulência avrRxv e avrXv3. As análises da diversidade foram efetuadas a partir de índices de diversidade de Nei e pela análise de variância molecular (AMOVA). As três espécies de Xanthomonas relatadas na literatura como associadas à mancha-bacteriana em tomateiro, foram detectadas nos campos comerciais amostrados. Porém, noBrasil-Central as epidemias foram causadas principalmente por 'X. gardneri', enquanto que no Nordeste, exclusivamente por X. axonopodis pv. vesicatoria. Este é o primeiro relato de epidemias causadas por 'X. gardneri' no mundo. A diversidade haplotípica foi baixa dentro de populações. Não obstante, menor diversidade intra-em variedades híbridas importadas do que PA nacionais. Da mesma forma, populações do Brasil-Central foram menos variáveis do que as do Nordeste. ) Esses fatos se explicam pela predominância em variedades PA nacionais e macro-região Nordeste de isolados pertencentes ao grupo PFGE 1, que apresentou-se mais polimórfico, em oposição aos grupos 3 e 4, menos variáveis que predominaram em variedades híbridas e no Brasil-Central. A maior proporção da variação total, por sua vez, foi atribuída ao componente inter-populacional, tanto para macro-regiões como para tipos de variedade. No entanto, considerável variação genética foi atribuída ao efeito da macro-geografia (30,6%) ou tipo de variedade (24,4%). Em relação às raças, relatou-se a ocorrência no país pela primeira vez das raças T3 e T1P8, no Nordeste e T2P7 e T2P8, no Brasil-Central. Esse fato indica que as resistências derivadas de 'NIL 216', L. pennelli e 'Hawaii 7998' são promissoras para o Nordeste. Quanto à sensibilidade aos agentes de controle químico, não foram encontrados isolados resistentes à oxitetraciclina (25 mg/ml). No entanto, foram encontrados isolados resistentes aocobre (50 ml/ml) e à estreptomicina (25 mg/ml) em alta freqüência principalmente entre isolados de 'X. gardneri', o que explica a baixa eficiência do controle químico muitas vezes observada no campo. Este trabalho representa o primeiro relato sobre a composição populacional em larga escala de Xanthomonas spp. associadas à mancha-bacteriana em tomateiro rasteiro no país
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.02.2003
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DUVAL, Alice Maria Quezado; CAMARGO, Luís Eduardo Aranha. Diversidade de Xanthomonas spp. associadas a mancha-bacteriana em tomateiro para processamento industrial no Brasil. 2003.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-07042003-150839/ >.
    • APA

      Duval, A. M. Q., & Camargo, L. E. A. (2003). Diversidade de Xanthomonas spp. associadas a mancha-bacteriana em tomateiro para processamento industrial no Brasil. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-07042003-150839/
    • NLM

      Duval AMQ, Camargo LEA. Diversidade de Xanthomonas spp. associadas a mancha-bacteriana em tomateiro para processamento industrial no Brasil [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-07042003-150839/
    • Vancouver

      Duval AMQ, Camargo LEA. Diversidade de Xanthomonas spp. associadas a mancha-bacteriana em tomateiro para processamento industrial no Brasil [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-07042003-150839/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021