Exportar registro bibliográfico

Distribuição e biodisponibilidade do níquel aplicado ao solo como 'NiCI IND.2' e biossólido (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated author: REIS, TADEU CAVALCANTE - ESALQ
  • School: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCE
  • Subjects: ADUBO DE LODO; ADUBO DE ESGOTO; POLUIÇÃO DO SOLO; ALFACE; ANÁLISE DO SOLO; EQUILÍBRIO QUÍMICO; PH DO SOLO; QUÍMICA DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: O comportamento do Ni no solo, principalmente quando adicionado através de biossólidos, ainda é pouco conhecido. Este trabalho objetivou avaliar a influência dos teores totais do metal, de matéria orgânica e dos valores de pH na distribuição daquele elemento no solo e na sua biodisponibilidade. Foram conduzidos três experimentos de incubação em vasos mantidos em casa de vegetação, utilizando 3 kg de amostras da camada de 0 - 0,20 m de dois solos: ARGISSOLO VERMELHO AMARELO DISTRÓFICO (PVAd) e NITOSSOLO VERMELHO DISTRÓFICO LATOSSÓLICO (NVdl). Dois experimentos foram montados em solos diferentes, em esquema fatorial 2x2x3, nos quais 2 doses de Ni (21 e 42 kg ha 1) como NiCl2, foram incubadas durante 120 dias, sob dois teores de matéria orgânica e dois valores de pH, obtidos pela adição de turfa e de calcário, respectivamente. Num terceiro experimento fatorial (2x4), os mesmos dois solos foram incubados por 150 dias com a dose de 150 Mg ha-1 de quatro diferentes biossólidos. Posteriormente, cultivou-se alface em todos os vasos por 50 dias. Após a incubação, amostras de solo foram analisadas quimicamente, inclusive efetuando-se extrações seqüenciais para determinar a distribuição do Ni adicionado através de NiCl2 e de biossólido. Foram consideradas as frações do metal solúvel + trocável, carbonatos, matéria orgânica, óxidos e residual. Realizou-se também a especiação do Ni baseada no equilíbrio de Donnan, no extrato de saturação das amostras, para discriminar aporção do Ni solúvel que se achava na forma de íon livre. O calcário foi o fator que mais afetou o comportamento do metal, reduzindo a concentração na fração trocável e aumentando-a nas frações matéria orgânica e óxidos. A turfa aumentou os teores do metal na fração trocável e os reduziu nas frações óxidos e matéria orgânica. O NiCl2 aumentou o teor de Ni nas três frações citadas. Os teores do metal nas frações de cada solo foram modelados por equações ) de regressão, em função dos teores de C-orgânico, Ni total e pH do solo. A distribuição do Ni no solo, quando adicionado através de biossólidos apresentou semelhanças com a distribuição do metal nos próprios biossólidos. Nestes casos, o Ni predominou nas frações mais fortemente retidas, conferindo ao metal comportamento distinto daquele observado pela adição de NiCl2. Tais diferenças puderam ser confirmadas pela ineficiência das equações obtidas nos experimentos com NiCl2, em predizer os teores do metal nas frações dos solos tratados com biossólidos. Na especiação, doses mais elevadas de calcário e turfa resultaram em menores teores de Ni solúvel e livre, os quais aumentaram com a dose de NiCl2. Concentrações de ambas as formas de Ni se correlacionaram com os teores do metal absorvidos pelas plantas. Na aplicação de biossólidos ao PVAd, a determinação do Ni livre foi particularmente importante para se prever a biodisponibilidade de Ni para alface. Essencialmente, pode-se concluir que a extração seqüencial e aespeciação em extrato de saturação foram eficientes para demonstrar diferenças do comportamento do níquel quando o metal foi aplicado como NiCl2 e como biossólido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.03.2003
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REIS, Tadeu Cavalcante; RODELLA, Arnaldo Antonio. Distribuição e biodisponibilidade do níquel aplicado ao solo como 'NiCI IND.2' e biossólido. 2003.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-03092003-160423/ >.
    • APA

      Reis, T. C., & Rodella, A. A. (2003). Distribuição e biodisponibilidade do níquel aplicado ao solo como 'NiCI IND.2' e biossólido. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-03092003-160423/
    • NLM

      Reis TC, Rodella AA. Distribuição e biodisponibilidade do níquel aplicado ao solo como 'NiCI IND.2' e biossólido [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-03092003-160423/
    • Vancouver

      Reis TC, Rodella AA. Distribuição e biodisponibilidade do níquel aplicado ao solo como 'NiCI IND.2' e biossólido [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-03092003-160423/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022