Exportar registro bibliográfico

Balanço de vorticidade horizontal associado a um sistema convectivo de meso-escala na Amazônia (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: LONGO, MARCOS - IAG
  • Unidade: IAG
  • Sigla do Departamento: ACA
  • Assunto: METEOROLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho consiste em analisar o balanço da vorticidade horizontal associado a um sistema convectivo de meso-escala ocorrido no leste da Amazônia nos dias 10 e 11 de agosto de 2001 a partir de simulações numéricas tridimensionais obtidas com o modelo RAMS. Para complementar a análise e validar os resultados do modelo foram utilizados também os dados dos experimentos CIRSAN e DESMATA. O sistema analisado produziu relativamente pouca precipitação, porém apresentou condições dinâmicas favoráveis a propagação de sistemas, como intensa vorticidade horizontal em baixos níveis e ondas de leste. Os impactos encontrados nos campos termodinâmicos foram típicos da passagem de frentes de rajada, como redução da temperatura potencial equivalente e queda da energia potencial disponível para a convecção. A simulação numérica utilizada para o cálculo do balanço de vorticidade considerou as características mais realistas de superfície de forma a reproduzir melhor heterogeneidades. Observou-se que o campo de vento deixa de ser solenóide na região convectivamente ativa, e o campo de divergência e empuxo interagem construtivamente nos estágios inicial e de desenvolvimento. Nos estágios avançados não se verifica tal interação. O campo tendência de vorticidade horizontal permite avaliar as circulações internas do sistema de maneira objetiva, e permite captar circulações não observadas pelos campos de vento. O fluxo de vorticidade é bastante semelhante àtendência em níveis médios e altos, portanto grande parte da tendência da vorticidade é resultado da redistribuição do campo inicial. Uma região que se destaca, no entanto, como fonte de vorticidade é a da frente de rajada, onde há significativa contribuição dos termos de inclinação e solenóide. Ademais, verificou-se que os efeitos de turbulência e atrito são fundamentais para a análise do balaço, tendo em vista a magnitude intensa. Finalmente, foram detectados ) indícios de que a convecção pode sofrer interferência de circulações locais a partir do termo solenóide, que gera vorticidade, e de fluxo, que a transporta até a região convectivamente ativa. Estas circulações podem fortalecer ou atenuar a frente de rajada dependendo do sinal dos gradientes horizontais do vento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.03.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LONGO, Marcos; SILVA DIAS, Maria Assunção Faus da. Balanço de vorticidade horizontal associado a um sistema convectivo de meso-escala na Amazônia. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Longo, M., & Silva Dias, M. A. F. da. (2003). Balanço de vorticidade horizontal associado a um sistema convectivo de meso-escala na Amazônia. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Longo M, Silva Dias MAF da. Balanço de vorticidade horizontal associado a um sistema convectivo de meso-escala na Amazônia. 2003 ;
    • Vancouver

      Longo M, Silva Dias MAF da. Balanço de vorticidade horizontal associado a um sistema convectivo de meso-escala na Amazônia. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021