Exportar registro bibliográfico

Compreendendo as estratégias de sobrevivência de jovens antes e depois da internação na FEBEM de Ribeirão Preto (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: ALMEIDA, MARILIA MASTROCOLLA DE - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: JOVENS; CRIMINOLOGIA; MARGINALIDADE SOCIAL
  • Language: Português
  • Abstract: Historicamente os jovens em situação de risco social e pessoal têm realizado o ato infracional, o trabalho infantil e o trabalho em situação de rua como uma alternativa para conseguir recursos para o próprio sustento ou de sua família. A principal ênfase das políticas de atendimento tem sido a inserção desses jovens no trabalho, como a forma de promover a "inclusão social" dos mesmos. No entanto existem criticas a esses modelos de atendimento e à visão da sociedade em geral de que o trabalho é a melhor alternativa para essa população. Sendo assim, o presente trabalho teve como proposta contribuir com essa discussão realizando, uma caracterização geral e um levantamento das estratégias de sobrevivência para conseguir dinheiro e acesso aos bens de consumo de 104 jovens internos na FEBEM de Ribeirão Preto no período de junho a agosto de 2000. A coleta dos dados incluiu um roteiro estruturado para a realização de entrevistas individuais e um diário de campo para registro das atividades realizadas durante o estudo. Dentre os resultados encontrados observamos que a maior parte dos jovens reside em bairros periféricos de Ribeirão Preto e cursou até a5ª e 6ª série do ensino fundamental. A maioria dos jovens foi internada devido a prática de roubo e a prática de homicídio, sendo a faixa etária predominante, na primeira internação, entre 16-17 anos. Quanto às estratégias de sobrevivência observamos que todos os 104 jovens realizaram alguma atividade para ganhar dinheiro e teracesso aos bens de consumo na sua vida. No entanto, observamos uma diferença na variedade e na quantidade de atividades realizadas pelos jovens se considerarmos a internação Da FEBEM, pois, a maioria realizou, antes da internação na FEBEM, as Atividades Ilegais, principalmente o Trabalho Infantil e o Ato Infracional e as Atividades Legais associadas às Atividades Ilegais. Enquanto que, após a internação na FEBEM, foram referidas, ) predominantemente, as Atividades Ilegais, destacando-se o Ato Infracional. Percebemos que as atividades de maior duração foram o Ato Infracional e o Trabalho Infantil e, a faixa etária para início das Atividades Ilegais foi de 9 a 13 anos e, para as Atividades Legais foi de 14 anos. Dentre os motivos para a interrupção das atividades, encontramos que: a demissão, o tipo de atividade rea1izada e o valor da remuneração foram aqueles mais freqüentes no Trabalho Infantil, o Trabalho Juvenil e no Trabalho em Regime de Aprendizagem. O encaminhamento do jovem para a FEBEM também foi citado como outro motivo para interrupção dessas atividades e também do Ato Infracional O Ato Infracional era a atividade que fornecia maior quantia em dinheiro que era utilizado principalmente para a compra de roupas e o acesso à diversão. A maioria dos jovens entrevistados relatou que, após a última internação, gostaria de realizar uma Atividade Legal. Encontramos também jovens que não definiram o que gostariam de fazer após a desinternação ejovens que responderam que não gostariam de realizar qualquer atividade, pois tinham interesse em voltar a estudar e/ou medo pelo risco de morte. Dessa forma, concluímos que esses jovens buscam várias alternativas de sobrevivência, na grande maioria ilegais e que existe a necessidade de eles adquirirem maior autonomia para vivenciarem a juventude e serem apoiados no acesso às Atividades Legais de seu interesse. Observamos também que nem todos os jovens gostariam de trabalhar e, aqueles que mencionaram tal interesse gostariam de realizar atividades diferentes daquelas já vivenciadas, ou seja, que não fossem caracterizadas como subemprego ou que não possibilitassem mobilidade social
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.11.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Marília Mastrocolla de; SILVA, Rosalina Carvalho da. Compreendendo as estratégias de sobrevivência de jovens antes e depois da internação na FEBEM de Ribeirão Preto. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-18022003-152340/ >.
    • APA

      Almeida, M. M. de, & Silva, R. C. da. (2002). Compreendendo as estratégias de sobrevivência de jovens antes e depois da internação na FEBEM de Ribeirão Preto. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-18022003-152340/
    • NLM

      Almeida MM de, Silva RC da. Compreendendo as estratégias de sobrevivência de jovens antes e depois da internação na FEBEM de Ribeirão Preto [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-18022003-152340/
    • Vancouver

      Almeida MM de, Silva RC da. Compreendendo as estratégias de sobrevivência de jovens antes e depois da internação na FEBEM de Ribeirão Preto [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-18022003-152340/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021