Exportar registro bibliográfico

Análise da influência das montadoras de automóveis sobre as empresas de autopeças sob o paradigma da produção enxuta: um estudo de caso de empresas brasileiras (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, FLÁVIO DANGELO PEREIRA DA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PRO
  • Subjects: MANUFATURA ENXUTA; AUTOMÓVEIS; INDÚSTRIAS
  • Language: Português
  • Abstract: No início do século XX o setor automobilístico difundiu os princípios da produção em massa como paradigma de estratégia de manufatura. No final do mesmo século, estabeleceu a produção enxuta, que é considerada o paradigma atual da produção industrial. O processo de competição no setor automobilístico está cada vez mais relacionado à competição entre cadeias de produtivos do que entre empresas. Estas cadeias produtivas são fortemente lideradas pelas montadoras, que exercem acentuada influência sobre as empresas de autopeças. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência das empresas automobilísticas sobre as empresas de autopeças, através de um estudo de caso múltiplo de caráter exploratório. Para avaliar se a influência é benéfica ou não, foi estabelecido como positivo os princípios amplamente aceitos da produção enxuta, tendo como referência as normas SAE J4000 e SAE J4001. Para comprovar a validade destas normas foi feito um estudo comparativo destas com os princípios enxutos consagrados na literatura. Através de pesquisas realizadas em empresas de autopeças de características distintas foi construído um quadro indicativo das relações entre este seguimento e montadoras de automóveis. As pesquisas foram desenvolvidas através de um questionário estruturado baseado nas normas supracitadas e entrevistas não estruturadas. Constatou-se que as empresas automobilísticas são o grande vetor de aprimoramento para as empresas de autopeças. Embora não solicitemexplicitamente a adequação à produção enxuta, as solicitações relativas a sistema da qualidade, logística, desenvolvimento de processos e produtos, entre outras, favorecem a esta adequação. Concluiu-se que a influência das montadoras sobre as empresas de autopeças tem caráter positivo e que conduz estas últimas à significativa adequação aos princípios da produção enxuta, embora algumas vezes as montadoras, visando garantir a continuidade do seu processo ) produtivo, imponham exigências conceitualmente contrárias a estes princípios
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Flávio D'Angelo Pereira da; AMATO NETO, João. Análise da influência das montadoras de automóveis sobre as empresas de autopeças sob o paradigma da produção enxuta: um estudo de caso de empresas brasileiras. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Silva, F. D. 'A. P. da, & Amato Neto, J. (2002). Análise da influência das montadoras de automóveis sobre as empresas de autopeças sob o paradigma da produção enxuta: um estudo de caso de empresas brasileiras. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Silva FD'AP da, Amato Neto J. Análise da influência das montadoras de automóveis sobre as empresas de autopeças sob o paradigma da produção enxuta: um estudo de caso de empresas brasileiras. 2002 ;
    • Vancouver

      Silva FD'AP da, Amato Neto J. Análise da influência das montadoras de automóveis sobre as empresas de autopeças sob o paradigma da produção enxuta: um estudo de caso de empresas brasileiras. 2002 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020