Exportar registro bibliográfico

Verificação do efeito da sinalização sobre a resistência à tração e microinfiltração de corante na união metaloplástica (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: TAROZZO, LUCIANA SILVA ANDRADE - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: ADESIVOS DENTINÁRIOS; MATERIAIS DENTÁRIOS; REABILITAÇÃO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo desse trabalho foi avaliar a resistência da união metal-resina à tração, bem como a microinfiltração por corante nesta interface, usando o sistema Artglass/Siloc (Heraeus Kulzer) e Solidex/Metal Photo Primer (Shofu Inc.), utilizando seis tipos de condição/retenção na estrutura metálica (A: Controle; B: Química; C: Mecânica com esferas 0,4 mm; D: Mecânica com esferas 0,6 mm; E: Química/Mecânica com esferas 0,4 mm; e F: Química/Mecânica com esferas 0,6 mm), e duas ligas comerciais à base de Ni-Cr: Wiron 99 e Wirocer. Um total de 144 corpos-de-prova, divididos em seis grupos de 6, foram submetidos ao teste de resistência à tração em uma máquina EMIC-MEM 2000 (velocidade de 2,0 mm/min) até que a resina fosse destacada do metal. Os dados foram analisados estatisticamente utilizando a Análise de Variância seguida pelo teste de Tukey. Concluiu-se que não houve diferença estatisticamente significante entre retenção Química e Controle e, que apresentaram os menores valores de resistência; não houve diferença estatística entre a retenção Química/Mecânica com esferas 0,6 mm e retenção Mecânica 0,6 mm, que apresentaram os maiores valores de retenção; não houve diferença estatisticamente significante entre retenção Química/Mecânica com esferas 0,4 mm e retenção Mecânica com esferas 0,4 mm, que formaram um grupo intermediário de resistência. Para avaliar a microinfiltração de corante na interface metal-resina, foram confeccionados um total de 120corpos-de-prova, divididos em seis grupos de cinco, foram submetidos a 500 termociclos (5º e 55º C, 30 s em cada banho). Os corpos-de-prova foram imersos em solução de azul de metileno a 37º C, durante 72 horas. Então, foram lavados em água e secos em estufa a 37º C por 24 horas. Os discos de resina para faceta foram seccionados em oito setores em uma máquina para corte, e removidos para exibir o padrão de microinfiltração. As imagens foram reconhecidas em um microscópio ) óptico (Neophot 30) acoplado a uma máquina fotográfica, o Software Image Tolls foi utilizado para determinar os valores das áreas de microinfiltração das fotos escaneadas. Os dados foram estatisticamente analisados utilizando a Análise de Variância e teste de Tukey. Concluiu-se que: a microinfiltração foi encontrada em todos os corpos-de-prova; menor infiltração ocorreu para as retenções Química, Química/Mecânica com esferas 0,6 mm e Mecânica com esferas 0,4mm
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.07.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TAROZZO, Luciana Silva Andrade; MATTOS, Maria da Glória Chiarello de. Verificação do efeito da sinalização sobre a resistência à tração e microinfiltração de corante na união metaloplástica. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Tarozzo, L. S. A., & Mattos, M. da G. C. de. (2002). Verificação do efeito da sinalização sobre a resistência à tração e microinfiltração de corante na união metaloplástica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Tarozzo LSA, Mattos M da GC de. Verificação do efeito da sinalização sobre a resistência à tração e microinfiltração de corante na união metaloplástica. 2002 ;
    • Vancouver

      Tarozzo LSA, Mattos M da GC de. Verificação do efeito da sinalização sobre a resistência à tração e microinfiltração de corante na união metaloplástica. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021