Exportar registro bibliográfico

Detecção de Staphylococcus aureus em manipiladores de alimentos: perfil de resistência e modelos de antibiograma/fenotipagem (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: VANZO, SABRINA PAVAN - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 604
  • Assunto: MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: Os manipuladores de alimentos representam uma importante fonte de disseminação de microorganismos patogênicos. Foram coletadas amostras de fossas nasais, saliva e mãos direita e esquerda, de 67 manipuladores de alimentos, de 10 Unidades de Alimentação e Nutrição, da cidade de Ribeirão Preto -SP; semeadas no meio seletivo diferencial, ágar gema de ovo hipercloretado (NI) -35°C ~ 48h. A identificação da espécie foi efetuada pelas provas de Coagulase, Catalase, Dexorribonuclease e Lecitinase com subseqüente avaliação do perfil de sensibilidade aos antimicrobianos. Dentre os manipuladores de alimentos analisados, 28 (41,8%) eram portadores de S.aureus, 19 (67,9%) do sexo feminino, 9 (32,1%) do sexo masculino. Quanto aos sítios de coleta, detectou-se na/s mão/s 21 (75,0%), na saliva 10 (35,7%) e nas fossas nasais 7 (25,0%), com predomínio do sexo feminino. Em, relação à faixa etária, o maior percentual correspondeu a 39,3% portadores de 40 a 49 anos e 35,7% de 20 a 29 anos. Observou-se que 15 (53,6%) eram portadores exclusivos de S.aureus, com predomínio bucal 5 (33,2%) para o sexo masculino, e 13 (46,4%) simultâneos; entre estes detectou-se S.aureus nos pareamentos mão/fossas nasais; mão/saliva e ambas as mãos - 4(14,3%), respectivamente. O antibiograma demonstrou maior índice de cepas resistentes aos ß -Iactâmicos - penicilina G 35 (76,1%) e amoxicilina 19 (41,3%), em todos os nichos, inclusive entre cepas multirresistentes. Nenhuma apresentou resistência àOxacilina (100,0% -OSSA). Constatou-se 2 (4,3%) cepas com o modelo de resistência (RRRRRR), considerado de alta periculosidade, detectado, somente, na mão direita e saliva, no sexo feminino. Os modelos de antibiograma (antibióticotipos) diferenciaram cepas de S.aureus do tipo intra-hospitalar (5 / 13), não encontrados nas fossas nasais e mão esquerda, e extra-hospitalar (8 / 13). Em um manipulador de alimentos, do sexo feminino, portadora simultânea de ) S.aureus nos quatro nichos, encontrou-se 2 modelos de antibiograma diferentes. Frente à elevada percentagem de manipuladores de alimentos, que albergavam S.aureus, em um ou mais nichos, alerta mos para a necessidade de se adotar medidas de prevenção e controle, com vistas a impedir a infecção cruzada, endógena ou exógena, e a toxinfecção estafilocócica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VANZO, Sabrina Pavan; AZEVEDO, Rosa Vitória Palamin. Detecção de Staphylococcus aureus em manipiladores de alimentos: perfil de resistência e modelos de antibiograma/fenotipagem. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Vanzo, S. P., & Azevedo, R. V. P. (2002). Detecção de Staphylococcus aureus em manipiladores de alimentos: perfil de resistência e modelos de antibiograma/fenotipagem. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Vanzo SP, Azevedo RVP. Detecção de Staphylococcus aureus em manipiladores de alimentos: perfil de resistência e modelos de antibiograma/fenotipagem. 2002 ;
    • Vancouver

      Vanzo SP, Azevedo RVP. Detecção de Staphylococcus aureus em manipiladores de alimentos: perfil de resistência e modelos de antibiograma/fenotipagem. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021