Exportar registro bibliográfico

Testes de confiabilidade em espectroscopia por ressonância magnética clínica (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MENEZES, NILO ANTÔNIO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 591
  • Assunto: ESPECTROSCOPIA DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NUCLEAR
  • Language: Português
  • Abstract: Nesta dissertação é mostrado o trabalho para avaliação da performance de medidas em Espectroscopia por Ressonância Magnética (ERM) Clínica, visando o conhecimento da qualidade dos espectros obtidos. Os testes foram realizados em um tomógrafo de corpo inteiro de 1,5 Tesla do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Para tanto, foi escolhido um conjunto de parâmetros a serem examinados com fantomas específicos para ERM. Estes fantomas servem para a determinação das características do equipamento, tais como variação do sinal espectroscópico com o volume selecionado, com a posição deste volume e com a concentração de alguns metabólitos cerebrais tais como: N-Acetil Aspartato (NAA), Creatina (Cr), Colina (Cho), Lactato (Lac) e Acetato de Sódio(Ac). No caso da variação com a posição foram utilizadas duas técnicas distintas de localização: Técnica de Voxel Único (VU) e Técnica Híbrida (TH). Posteriormente, também foi estudada a influência de adição de conservantes às soluções bem como de um composto (Magnevist) a base de gadolineo (Gd-DTPA), este segundo para modificar o tempo de relaxação longitudinal e aproximá-lo do caso "in vivo". Para informações mais precisas sobre a influência da adição destes conservantes aos espectros, fez-se o uso de um espectrômetro de 7,05 Tesla de 5mm de diâmetro útil. Os resultados mostraram-se coerentes com os encontrados por Christiansen35 e Keevil36, que encontraram boa linearidade dos sinais com concentração e VOI, comfatores de correlação muito próximos de 1. A variação espacial do sinal da água também mostrou-se coerente com o trabalho de Keevil, com variações máximas da ordem de 50%. Na técnica de Voxel Único, não houve convergência do "shimming" para o caso do fantoma fixo. O conservante com menos influência nos espectros de metabólitos foi a azida sódica. E não foi possível a medida de T1. Estes resultados estabelecem uma base para futuras comparações e uma subseqüente ) elaboração de métodos para compensar as variações de intensidade do sinal espectroscópico, podendo ser também acrescentados a um programa de controle de qualidade mais amplo em ERM clínica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.06.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENEZES, Nilo Antônio; GRAEFF, Carlos F. de Oliveira. Testes de confiabilidade em espectroscopia por ressonância magnética clínica. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Menezes, N. A., & Graeff, C. F. de O. (2002). Testes de confiabilidade em espectroscopia por ressonância magnética clínica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Menezes NA, Graeff CF de O. Testes de confiabilidade em espectroscopia por ressonância magnética clínica. 2002 ;
    • Vancouver

      Menezes NA, Graeff CF de O. Testes de confiabilidade em espectroscopia por ressonância magnética clínica. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021