Exportar registro bibliográfico

Mecanismos de rejeição de exertos sem disparidade H-2, em camundongos deficientes de moléculas de MHC de classe I (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: SUÁREZ, IDANIA GLAFIRA MARRERO - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMI
  • Subjects: IMUNOLOGIA; CAMUNDONGOS; MUTAÇÃO GENÉTICA; PEPTÍDEOS
  • Language: Português
  • Abstract: Camundongos TAP1-/-, deficientes em moléculas MHC-I e células T CD8 maduras, desenvolvem uma reatividade contra células e enxertos do mesmo H-2. Investigamos, em camundongos TAP1-/-, os mecanismos de rejeição de enxertos sem disparidade H-2 que expressam uma densidade normal de moléculas MHC-I H-2b na superfície celular. A aceleração da rejeição induzida pela imunização com peptídeos H-2Kb, sugere que estes peptídeos são alvo importante na rejeição. Os animais TAP1-/- transplantados têm uma significativa resposta proliferativa contra estes peptídeos, indicando uma expansão pós-transplante das células reativas aos peptídeos. A depleção in vivo de células T CD4 induz um retardo significativo da rejeição, indicando o papel importante desta população. A diversidade de repertórios de células T na periferia, sugere a estimulação de diferentes repertórios de células T por diferentes determinantes nas moléculas H-2b. Nossa hipótese é que os camundongos TAP1-/-, devido à baixa expressão de moléculas MHC-I no timo, selecionam positivamente um repertório alterado de células T CD4+ com receptores que reconhecem peptídeos derivados das próprias moléculas MHC-I H-2b. Em conclusão, nossos resultados favorecem esta hipótese
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.12.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARRERO-SUAREZ, Idania Glafira; COELHO, Verônica. Mecanismos de rejeição de exertos sem disparidade H-2, em camundongos deficientes de moléculas de MHC de classe I. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Marrero-Suarez, I. G., & Coelho, V. (2002). Mecanismos de rejeição de exertos sem disparidade H-2, em camundongos deficientes de moléculas de MHC de classe I. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Marrero-Suarez IG, Coelho V. Mecanismos de rejeição de exertos sem disparidade H-2, em camundongos deficientes de moléculas de MHC de classe I. 2002 ;
    • Vancouver

      Marrero-Suarez IG, Coelho V. Mecanismos de rejeição de exertos sem disparidade H-2, em camundongos deficientes de moléculas de MHC de classe I. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021