Exportar registro bibliográfico

Lesão gástrica experimental por indometacina - papéis do óxido nítrico (NO) e do fator de necrose tumoral 'alfa'(TNF-'alfa') e avaliação do Tônus gástrico e do esvaziamento gástrico de líquidos (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUZA, MARCELLUS HENRIQUE LOIOLA PONTE DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Assunto: GASTROENTEROPATIAS
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A principal complicação do uso dos AINEs é a lesão gastrintestinal. O papel do NO na lesão gástrica (LG) por AINEs ainda foi estabelecido. O TNF-'alfa' está envolvido na gastropatia por AINEs, mas o papel do TNF-R1 ainda não foi esclarecido. A dismotilidade do antro gástrico tem sido implicada na fisiopatologia da LG por indometacina (INDO), mas a relação entre as anormalidades motoras gástricas e as lesões na mucosa não foram totalmente investigadas. OBJETIVOS: 1-Reproduzir modelos de LG por INDO em ratos e em camundongos C57BL/6; 2-No estômago destes modelos, verificar o papel do NO sobre a LG e a infiltração neutrofílica (IN); 3-Verificar o papel do TNF-'alfa' sobre a LG e IN em camundongos; 4-lnvestigar o papel da NO sintase induzida e do TNF-R1 na LG por INDO, utilizando-se camundongos deficientes; 5-Verificar, em ratos, se os efeitos da INDO sobre a mucosa gástrica se associam com anormalidades do tônus gástrico (TG) e do esvaziamento gástrico de líquidos (EG). MÉTODOS: A LG e a IN em ratos e em camundongos foram induzidas por diferentes doses de INDO e avaliadas em vários intervalos de tempo. O índice de lesão (IL) foi calculado através da soma das extensões das lesões encontradas na mucosa. A IN foi determinada pela atividade da mieloperoxidase. Diferentes grupos de ratos receberam L- NAME, N- nitro-arginina, aminoguanidina, L- arginina, D- arginina, L- lisina ou fucoidina. Após 1 hora, a LG foi induzida por INDO na dose de 5 mg.Kg-1 (INDO-5) ouna dose de 20 mg.Kg-1 (INDO-20). Três horas após, a LG e a IN foram determinadas. Diferentes grupos de camundongos receberam talidomida, dexametasona, fucoidina, L- NAME. Após 12 horas da administração de INDO, foram avaliadas a LG e a IN. Camundongos deficientes para o TNF-R1 (TNF-R1-/-) ou para a NOSi (NOSi-/-) ou não deficientes receberam INDO. Após 12 horas, a LG e a IN foram determinadas. Após 1 ou 3 horas de INDO-5 ou INDO-20, TG foi ) aferido através do método de pletismometria e a retenção gástrica (RG) de salina ou de Sustacal® foi determinada por cintilografia. RESULTADOS: A INDO induziu uma LG e IN dose dependentes com efeito máximo na dose de 20 mg.Kg-1 nos ratos e 10 mg.Kg-1 nos camundongos. A LG e a IN apresentaram máximas intensidades com 3 horas nos ratos e 12 horas nos i camundongos. Nos ratos, os tratamentos com L- NAME, N- nitro- arginina e , aminoguanidina inibiram a LG induzida por INDO-20, mas não a por INDO-5. r. Os tratamentos com L- NAME e N- nitro-arginina aumentaram a IN induzida tanto por INDO-5 como por INDO-20. O tratamento com L- arginina, mas não com D- arginina ou L- lisina, inibiu a LG induzida por INDO-20. O tratamento com fucoidina inibiu tanto a LG quanto a IN induzidas por INDO-20., mas não a por INDO-5. Em camundongos, a LG e a IN foram reduzidas pelo tratamento com talidomida, dexametasona ou fucoidina. Após a administração de INDO, o TNF-R1-/- apresentou uma LG e uma IN menor que os controles. O tratamento comL- NAME inibiu a LG, mas aumentou a IN induzida por INDO. Apesar da intensa IN, os animais NOSi-/- apresentaram uma LG menor que a dos controles. Uma hora ou 3 h após, tanto da INDO-5 quanto da INDO-20., observou- se que o TG foi menor que o do controle. A RG de salina após 1 hora, tanto do grupo INDO-5 quanto do grupo INDO-20., foi maior que a do controle. Após 3 hs da INDO, não se observaram estas diferenças. Não houve diferenças na RG de Sustacal® entre os vários grupos. CONCLUSÕES: 1-Os modelos de LG por INDO em ratos e camundongos foram reprodutíveis; 2-Os tratamentos com inibidores da NOS reduziram a LG por INDO-20., mas não a por INDO-5. Este efeito não se deve a redução na IN; 3-O tratamento com a L- arginina inibiu a LG. por INDO-20. Este efeito é específico, pois nem a D- arginina, nem a L- lisina foram capazes de reproduzir esta proteção; 4-O NO gerado a partir da NOSi está ) envolvido na LG por INDO em camundongos, através de um mecanismo independente da redução na IN; 5-'alfa' LG por INDO-20., mas não a por INDO-5, é dependente da IN; 6-Em camundongos, O TNF-'alfa', através da sinalização do TNF-R1, é para a LG e para a IN por INDO; 7-Na gastropatia por INDO, a diminuição no TG e o retarde do EG precedem a LG e a IN, sugerindo que estas alterações motoras não dependem da lesão da mucosa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.10.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Marcellus Henrique Loiola Ponte de; OLIVEIRA, Ricardo Brandt de. Lesão gástrica experimental por indometacina - papéis do óxido nítrico (NO) e do fator de necrose tumoral 'alfa'(TNF-'alfa') e avaliação do Tônus gástrico e do esvaziamento gástrico de líquidos. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Souza, M. H. L. P. de, & Oliveira, R. B. de. (2002). Lesão gástrica experimental por indometacina - papéis do óxido nítrico (NO) e do fator de necrose tumoral 'alfa'(TNF-'alfa') e avaliação do Tônus gástrico e do esvaziamento gástrico de líquidos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Souza MHLP de, Oliveira RB de. Lesão gástrica experimental por indometacina - papéis do óxido nítrico (NO) e do fator de necrose tumoral 'alfa'(TNF-'alfa') e avaliação do Tônus gástrico e do esvaziamento gástrico de líquidos. 2002 ;
    • Vancouver

      Souza MHLP de, Oliveira RB de. Lesão gástrica experimental por indometacina - papéis do óxido nítrico (NO) e do fator de necrose tumoral 'alfa'(TNF-'alfa') e avaliação do Tônus gástrico e do esvaziamento gástrico de líquidos. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021