Exportar registro bibliográfico

Análise química e estabelecimento de cultura 'in vitro' de Aspidosperma cylindrocarpon Muell. Arg. e Aspidosperma polyneuron Muell. Arg (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: CORNELIO, MELÂNIA LOPES - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: ALCALOIDES; PRODUTOS NATURAIS
  • Language: Português
  • Abstract: As espécies Aspidosperma polyneuron Muell. Arg. e Aspidosperma cylindrocarpon Muell. Arg. pertencentes à familia Apocynaceae, de ocorrência natural no estado de São Paulo, foram objeto de investigação química e estabelecimento de culturas 'in vitro'. Como não havia relatos da composição dos alcalóides presentes nas folhas de ambas as espécies, nossos estudos foram concentrados nessa parte do vegetal. Adicionalmente, foi analisada a composição dos óleos voláteis destas espécies. Como são descritas diversas atividades biológicas para os alcalóides indólicos, foram analisadas as atividades antitumoral, antimicrobiana e antimalárica dos extratos de alcalóides totais. Os alcalóides das folhas de A. polyneuron foram obtidos através de partição ácido-base com solventes orgânicos e foram isolados por técnicas cromatográficas de adsorção, sendo analisadas por CG/MS. Na espécie A. pofyneuron foram identificados 5 alcalóides indólicos do tipo aspidospermatano- aspidospermina, desmetil--aspidospermina, desmetoxi-aspidospermina, cilindrocarina e pirifolidina. O estudo químico das folhas de A. cylindrocarpon, através de técnicas cromatográficas e CG/MS permitiu a identificação de alcalóides indólico do tipo aspidospermatano (aspidospermina, N-benzoil-cilindrocarina, N-benzoil-20- hidroxi-cilindrocarina, N-cinamoil-20-hidroxi-cilindrocarina) do tipo erbunano (16- epi-vincamina) e do tipo hetero-ioimbano (tetra-hidro-alstonina). Os óleos voláteis foram obtidos das folhaspor destilação por arraste a vapor. O óleo de A. polyneuron apresentou um constituinte majoritário, o diterpeno caureno (73,7%), e aldeídos de cadeia longa. No óleo volátil das folhas de A. cylindrocarpon foram identificados 25 constituintes que correspondem a 96,1% do óleo bruto. Principalmente sesquiterpenos hidrocarbonados (germacreno-0, O- cariofileno) e sesquiterpenos oxigenados (espatulenol, epi-globulol e globulol), alem ) de monoterpenos hidrocarbonados ('alfa'-pineno) e oxigenado (linalol) e aldeídos de cadeia longa. Na cultura de células 'in vitro' de A. polyneuron, foi possível apenas a indução de calos friavies. A cultura de células da A. cylindrocarpon foi estabelecida desde as células não diferenciadas. Dos calos atá as suspensões celulares. As culturas apresentram fase lag com aproximadamente 4 dias, seguida de uma fase de crescimento exponencial e de uma fase com crescimento linear, com duraçao de 15 dias. Após essa fase as células entram numa fase estacionária de crescimento. Nos ensaios de autobiografia para determinação da atividade antifúngica frente aos fungos Clasdosporium cladosporiodes e Clasdosporium sphaerospermum, ambos extratos de alcalóides totais apresentaram respostas positivas. A atividade antimalárica foi avaliada em cepas mutantes de Saccharomyces cerevisiae deficientes em sistema de reparo do DNA (RS321, Rad 52Y). Neste ensaio, apenas os alcalóides das folhas de A. cylindrocarpon apresentaram atividade. A atividadeantitumoral foi determinada 'in vitro' com isolados de Plasmodium falciparum sensíveis a cloroquina (Kl) e resistentes (Palo Alto). Como havia relato dessa atividade para A. polyneuron foram feitos testes apenas para A. cylindrocarpon (folhas e ramos). Os extratos alcalóidicos apresentaram uma forte inibição do desenvolvimento dos parasitos. A ´C1 IND. 50´ para o isolado Kl foi de 9,0'mü' glmL para os ramos e folhas ´8,0'mü'g/mL e para o isolado Palo Alto, ramos foi de 13,3'mü'g/mL e folhas 10,5'mü' g/mL
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.10.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORNELIO, Melania Lopes; MORENO, Paulo Roberto Hrihorowitsch. Análise química e estabelecimento de cultura 'in vitro' de Aspidosperma cylindrocarpon Muell. Arg. e Aspidosperma polyneuron Muell. Arg. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-31072018-151847/pt-br.php >.
    • APA

      Cornelio, M. L., & Moreno, P. R. H. (2002). Análise química e estabelecimento de cultura 'in vitro' de Aspidosperma cylindrocarpon Muell. Arg. e Aspidosperma polyneuron Muell. Arg. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-31072018-151847/pt-br.php
    • NLM

      Cornelio ML, Moreno PRH. Análise química e estabelecimento de cultura 'in vitro' de Aspidosperma cylindrocarpon Muell. Arg. e Aspidosperma polyneuron Muell. Arg [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-31072018-151847/pt-br.php
    • Vancouver

      Cornelio ML, Moreno PRH. Análise química e estabelecimento de cultura 'in vitro' de Aspidosperma cylindrocarpon Muell. Arg. e Aspidosperma polyneuron Muell. Arg [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-31072018-151847/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021