Exportar registro bibliográfico

Modelagem numérica da interação entre correntes de jato subtropical e sistemas frontais em baixos níveis nas regiões Sul e Sudeste do Brasil (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: INAZAWA, ELICIA ERI - IAG
  • Unidade: IAG
  • Sigla do Departamento: ACA
  • Assunto: METEOROLOGIA DINÂMICA
  • Language: Português
  • Abstract: As regiões Sul e Sudeste do Brasil estão constantimente sujeitas a diversos fenômenos meteorológicos que influenciam de maneira decisiva na sociedade em geral. Em particular, citam-se os fenômenos causadores de grande quantidade de precipitação. Vários trabalhos tem mostrado a importância de se estudar os sistemas meteorológicos de forma aclopada. Especificamente nas regiões sul e sudeste do Brasil, sugere-se que uma interação entre o jato subtropical e frentes frias em baixos níveis possa ocasionar intensa precipitação. Entretanto, não se esclarece de que forma essa interação ocorre. Uma vez que ambos os sistemas meteorológicos individualmente podem ser responsabilizados pelo desenvolvimento de precipitação intensa, este trabalho tem como objetivo o estudo da interação entre eles, nestas regiões, buscando uma melhor comprensão da dinâmica e termodinâmica envolvidas neste processo. O enfoque deste estudo é na mesoescala, visto a importância da circulação ageostrófica, transversal e perpendicular a estes dois sistemas. A indisponibilidade de dados em resolução temporal nesta escala leva à utilização de modelos numéricos que simulem situações observadas adequadamente e forneçam dados nesta resolução. No caso, a versão 3b do RAMS (Regional Atmospheric Modeling System). Simulações numéricas de um caso descrito na literatura, ocorrido entre 22 e 24 de setembro de 1983 e de outro caso, ocorrido entre 25 e 27 de junho de 1996, foram realizadas. As simulações mostram que defato a presença do jato ocasiona o desenvolvimento e intensificação da precipitação na região de interesse. Isto ocorre justamente quando a frente em baixos níveis desloca-se para a região sob a qual há divergência em altos níveis associada ao jato. Esta sobreposição resulta em um movimento ascendente intenso que, consequentemente, acarreta em grande quantidade de precipitação. Simulações relevantes foram realizadas, como por exemplo topografia ) plana e sem liberação de calor latente. Nos casos estudados não se observa impacto significativo como consequência da topografia. Entretanto, a liberação de calor latente mostra-se um fator de extrema importância neste processo, agindo de duas formas: Para a aceleração da corrente ascendente e como possível influência sobre o jato subtropical (mais precisamente, seu núcleo de velocidade máxima) . Poucos casos foram estudados para que se estenda os resultados obtidos a jatos e frentes em geral no que diz respeito à sua interação. Porém, a consistência dos resultados obtidos em diversas configurações proporciona a estes resultados uma maior confiabilidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.03.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      INAZAWA, Elicia Eri; AMBRIZZI, Tércio. Modelagem numérica da interação entre correntes de jato subtropical e sistemas frontais em baixos níveis nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Inazawa, E. E., & Ambrizzi, T. (1998). Modelagem numérica da interação entre correntes de jato subtropical e sistemas frontais em baixos níveis nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Inazawa EE, Ambrizzi T. Modelagem numérica da interação entre correntes de jato subtropical e sistemas frontais em baixos níveis nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. 1998 ;
    • Vancouver

      Inazawa EE, Ambrizzi T. Modelagem numérica da interação entre correntes de jato subtropical e sistemas frontais em baixos níveis nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021