Exportar registro bibliográfico

Estudo da velocidade de crescimento e concentrações séricas de fator de crescimento insulina-símile (IGF) - I e da proteína carreadora de IGF (IGFBP) - e em pacientes com deficiência de hormônio de crescimento em reposição hormonal (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MORAES, RENATA RIBEIRO DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Assunto: PEDIATRIA (DEFICIÊNCIA;CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO)
  • Language: Português
  • Abstract: Durante a puberdade ocorre aumento da secreção do hormônio de crescimento (GH), com conseqüente aceleração da velocidade de crescimento e das concentrações de IGF-I e IGFBP-3. Acredita-se que o aumento de secreção de GH se deva à ação de esteróides sexuais e que o aumento de IGF-I seja secundário, principalmente, à alteração na secreção de GH. O tratamento com GH recombinante proporcionou melhora importante da estatura final dos pacientes com deficiência de GH. Atualmente utiliza-se a dose de 0,1 U/kg/dia, independente da idade ou estágio puberal do paciente. Desta forma não se mimetiza o aumento fisiológico de GH que ocorre na puberdade. Este estudo teve como objetivo avaliar se a dose de reposição de rhGH atualmente utilizada seria suficiente para proporcionar aos pacientes com DGH velocidade de crescimento e concentrações séricas de IGF-I e IGFBP-3 semelhantes as de indivíduos normais no mesmo estágio puberal. Avaliou-se a velocidade de crescimento, estágio puberal e concentrações séricas de IGF-I e IGFBP-3 em 34 pacientes com DGH em reposição com rhGH (40 avaliações-período). Os pacientes foram divididos de acordo com o estágio puberal: 15 eram pré-púberes (G1), 10 em puberdade inicial (G2/G3) , e 15 em puberdade tardia (PT). O grupo PT foi subdividido em subgrupos G4 (5 avaliações-período) e G5 (10 avaliações-período). Foram calculados os escores de desvio padrão (EDP) da velocidade de crescimento (EDP VC), do IGF-I (EDP IGF-I) e da IGFBP-3 (EDPIGFBP-3) em relação à idade cronológica (IC), idade óssea (10) e idade estimada para o estágio puberal (EP). A velocidade de crescimento analisada para o estágio puberal (EDP VC EP) foi nos pacientes pré-puberes igual a 1,09 +/- 2,88; 2,20 +/- 3,21 nos pacientes em puberdade inicial e -4,28 +/- 1,69 nos em estágios puberais tardios, havendo diferença entre o grupo PT e os demais. Considerando-se o EDP VC IO, o menor valor foi observado no subgrupo G4 (- 4,27 ) +/- 3,17) havendo diferença significativa entre este e os demais grupos. As concentrações séricas de IGF-I dos pacientes quando comparada aos controles em estágio puberal semelhante foi menor nos grupos G2/G3 (154,8:+/- 101,1 vs. 328,1 +/- 108,1 'mü'g/L) e PT (344,2 +/- 220,1 vs. 443,1 +/- 57,04 'mü'g/L). Considerando-se apenas o subgrupo G4 o valor médio de IGF-I foi 190,6 +/- 165,7 ng/ml para os pacientes e 453,8 +/- 26,72 ''müg/L para os controles. O grupo G2/G3 e subgrupo G4 apresentam também menor EDP IGF-I IO (-0,91 +/- 0,95 e -1,87 +/- 1,12, respectivamente) que os demais grupos. As concentrações séricas de IGFBP-3 foram menores que às dos controles em todos os estágios puberais quer considerando-se os valores absolutos quer o EDP IC. Entretanto, não foi observada diferença significativa entre a relação molar IGF-I/IGFBP-3 entre pacientes e controles nos diferentes estágios puberais. A observação de menor VC coincidente com concentrações mais baixas de IGF-I em determinadas fases da puberdade sugereque as concentrações de IGF-I refletem melhor que a relação molar IGF-I/IGFBP-3 o fenômeno que se processa ao nível da cartilagem de crescimento. Nossos dados permitem concluir que os pacientes com DGH em reposição com a dose usual de rhGH não alcançam velocidade de crescimento e concentrações séricas de IGF-I e IGFBP-3 semelhantes às da população normal durante a puberdade, sugerindo que a dose de rhGH deva ser titulada individualmente principalmente durante a puberdade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.07.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORAES, Renata Ribeiro de; MARTINELLI, Carlos Eduardo. Estudo da velocidade de crescimento e concentrações séricas de fator de crescimento insulina-símile (IGF) - I e da proteína carreadora de IGF (IGFBP) - e em pacientes com deficiência de hormônio de crescimento em reposição hormonal. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Moraes, R. R. de, & Martinelli, C. E. (2002). Estudo da velocidade de crescimento e concentrações séricas de fator de crescimento insulina-símile (IGF) - I e da proteína carreadora de IGF (IGFBP) - e em pacientes com deficiência de hormônio de crescimento em reposição hormonal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Moraes RR de, Martinelli CE. Estudo da velocidade de crescimento e concentrações séricas de fator de crescimento insulina-símile (IGF) - I e da proteína carreadora de IGF (IGFBP) - e em pacientes com deficiência de hormônio de crescimento em reposição hormonal. 2002 ;
    • Vancouver

      Moraes RR de, Martinelli CE. Estudo da velocidade de crescimento e concentrações séricas de fator de crescimento insulina-símile (IGF) - I e da proteína carreadora de IGF (IGFBP) - e em pacientes com deficiência de hormônio de crescimento em reposição hormonal. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021