Exportar registro bibliográfico

Sursum! Memória da tradição: a ação pedagógica de Anfrísia Augusto Santiago (Bahia, 1927-1950) (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MUNIZ, JOSELY PEREIRA - FE
  • Unidade: FE
  • Subjects: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO; EDUCAÇÃO FEMININA
  • Language: Português
  • Abstract: Ao lançar o olhar sob o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, espaço de educação feminina, situado em Salvador, este trabalho buscou apreender a relação memória e tradição na pedagogia desenvolvida pela professora Anfrísia Augusta Santiago. O trabalho teve como objetivo analisar a trajetória da professora Anfrísia Santiago, como educadora e criadora de uma pedagogia singular que, ao sublinhar a invocação aos antepassados importantes aliada ao culto dos grandes heróis da pátria e, sobretudo, os oriundos da terra natal e tendo a genealogia como uma forte aliada, favoreceu a distinção e a inscrição de lugares sociais, possibilitando também a reconversão social da própria professora. As escolhas teórico/metodológicas que lhe perpassaram obrigaram a discussão de algumas questões relacionadas à memória , à história e história oral assim como o esquadrinhamento nas 45 narrativas memorialísticas coletadas e nas demais fontes (documentação escrita e fotográfica), das representações produzidas sobre D. Anfrísia. A preferência pela história oral justificou-se por esta ser uma eficiente forma para resgatar as memórias subterrâneas que, embora sufocadas, encontram-se num conflito silencioso com a memória instituída e, ainda, por ser um pertinaz instrumento para a coleta de representações, considerando que à diversidade dos sujeitos envolvidos nesta história vivida deveria corresponder também uma diversificação no ato de sua escrita. O recorte temporal dapesquisa situou-se no período compreendido entre 1927-1950 (ano de fundação do Nossa Senhora Auxiliadora e seu período áureo). A origem de D. Anfrísia e a trajetória pessoal e profissional que foi construindo e percorrendo, culminando com a criação do seu colégio, onde fez a opção de servir a uma parcela da elite baiana com a qual se identificou e para onde buscou ascender, foram exploradas com o intuito de compreender a forma como foi incorporando e inscrevendo em si, ) o social que pretendeu perpetuar, ou seja, o habitus do grupo ao qual almejou pertencer e, como foi construindo, inconscientemente, talvez, uma pedagogia do lembrar que buscou eternizar o presente por uma visceral relação com o passado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.07.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MUNIZ, Josely Pereira; VIDAL, Diana Gonçalves. Sursum! Memória da tradição: a ação pedagógica de Anfrísia Augusto Santiago (Bahia, 1927-1950). 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Muniz, J. P., & Vidal, D. G. (2002). Sursum! Memória da tradição: a ação pedagógica de Anfrísia Augusto Santiago (Bahia, 1927-1950). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Muniz JP, Vidal DG. Sursum! Memória da tradição: a ação pedagógica de Anfrísia Augusto Santiago (Bahia, 1927-1950). 2002 ;
    • Vancouver

      Muniz JP, Vidal DG. Sursum! Memória da tradição: a ação pedagógica de Anfrísia Augusto Santiago (Bahia, 1927-1950). 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021