Exportar registro bibliográfico

Avaliação da densidade ótica perimplantar cervical em controle longitudinal (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: HAYEK, JORGE ELIE - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: RADIOLOGIA; RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA
  • Language: Português
  • Abstract: A proposta deste estudo foi avaliar as alterações da densidade ótica do osso alveolar perimplantar em controle longitudinal, por meio de radiografias digitalizadas, de dezenove pacientes selecionados para o estudo, os quais foram reabilitados com prótese total inferior overdenture com 2 implantes tipo Brånemark. Foi realizada uma telerradiografia em norma lateral de cada paciente logo após a instalação da prótese, para obtenção da inclinação dos implantes em relação ao plano de Frankfurt, para a posterior execução da técnica radiográfica intrabucal pelo paralelismo, com cone longo e com o feixe de raios X incidindo perpendicularmente ao longo eixo do implante. Os controles radiográficos foram realizados na instalação da prótese, após 6 meses e após 18 meses. As radiografias intrabucais padronizadas foram executadas com suporte porta-filmes (tipo Hanshin). As referidas radiografias obtidas foram capturadas por uma câmera de vídeo (preto e branco) através de um microscópio ótico (40 x de aumento). Devido à ampliação utilizada, os implantes tiveram suas imagens digitalizadas em 2 etapas (metade direita e metade esquerda), sendo consideradas como amostras independentes. Após a sobreposição de um gabarito padronizado, foram analisadas as densidades óticas nas áreas de interesse (osso + implante) e nas áreas de controle (implante e osso). Nas áreas de controle foram realizadas regressões lineares e obtido um fator de correção da densidade, para compensar o efeito dafalta de padronização da projeção geométrica e da densidade radiográfica. ) Os resultados mostraram que ocorreu variação percentual igual da densidade ótica na área de interesse em ambos os lados dos implantes analisados. Nos primeiros 6 meses e nos 18 meses após a instalação da prótese, a densidade ótica na área de interesse apresentou em média uma diminuição de aproximadamente 3 e 4% (respectivamente) enquanto que a variação percentual da densidade ótica na área de controle - implante foi nula
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.08.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HAYEK, Jorge Elie; CHILVARQUER, Israel. Avaliação da densidade ótica perimplantar cervical em controle longitudinal. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Hayek, J. E., & Chilvarquer, I. (2002). Avaliação da densidade ótica perimplantar cervical em controle longitudinal. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Hayek JE, Chilvarquer I. Avaliação da densidade ótica perimplantar cervical em controle longitudinal. 2002 ;
    • Vancouver

      Hayek JE, Chilvarquer I. Avaliação da densidade ótica perimplantar cervical em controle longitudinal. 2002 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021