Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Educação ambiental: limites e possibilidades de uma ação transformadora (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated author: PELLICCIONI, ANDRÉA FOCESI - FSP
  • School: FSP
  • Sigla do Departamento: HSA
  • DOI: 10.11606/T.6.2002.tde-02022021-183824
  • Subjects: EDUCAÇÃO AMBIENTAL; PERCEPÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos. Conhecer os motivos que levaram um grupo de 21 educadores /as ambientais a participar do Curso de Especializaçäo em Educaçäo ambiental da Faculdade de Saúde Pública da USP, entre 1998 e 2000; conhecer os impactos do curso na sua vida pessoal e profissional; identificar as representações sociais a respeito da EA, do papel do educador, das origens da problemática socioambiental e das possíveis formas de enfrentamento; identificar as praticas sociais desses/as educadores/as e as dificuldades enfrentadas por eles/as no âmbito da Educaçäo Ambiental. A metodologia utilizada para a pesquisa foi qualitativa, tendo como instrumentos questionários complementados por entrevistas. O principais resultados mostraram que os motivos que levaram os/as educadores/as a fazer o curso foram: a busca de subsídios teóricos e práticos a fim de aprimorar a sua atuaçäo, a necessidade de avaliar suas próprias praticas, a possibilidade de troca de experiências e a expectativa de valorizaçäo profissional na área. Quanto aos impactos, foram positivos, pois o curso colaborou para ampliar o entendimento sobre a EA, solidificou conceitos, estabelecendo vínculos entre interlocutores da área e facilitando o intercâmbio de informações e experiências. Possibilitou articular teoria e pratica, e o exercício de interdisciplinaridade.Pela analise dos discursos foram identificados quatro tipos de representações sociais a respeito dos objetivos e estratégias da EA frente a problemática socioambiental. As origens da problemática socioambiental e as respectivas formas de enfrentamento identificada foram de ordem técnica e gerencial; de ordem filosófica e psicológica; de ordem política., econômica e social, tendo sido essa ultima a mais enfatizada. Torna-se cada vez mais claro que ações desenvolvidas sob princípios da EA Crítica, com a participaçäo ativa dos educandos processo de ensino - aprendizagem e exercício da interdisciplinaridade, conferem possibilidades significativas de aprimorar a qualidade das praticas em EA e gerar ações transformadoras na sociedade.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.08.2002
  • Online source accessDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2002.tde-02022021-183824 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PELLICCIONI, Andréa Focesi; RIBEIRO, Helena. Educação ambiental: limites e possibilidades de uma ação transformadora. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-02022021-183824 > DOI: 10.11606/T.6.2002.tde-02022021-183824.
    • APA

      Pelliccioni, A. F., & Ribeiro, H. (2002). Educação ambiental: limites e possibilidades de uma ação transformadora. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-02022021-183824
    • NLM

      Pelliccioni AF, Ribeiro H. Educação ambiental: limites e possibilidades de uma ação transformadora [Internet]. 2002 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-02022021-183824
    • Vancouver

      Pelliccioni AF, Ribeiro H. Educação ambiental: limites e possibilidades de uma ação transformadora [Internet]. 2002 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-02022021-183824


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022