Exportar registro bibliográfico

Saliva de carrapatos Rhipicephalus sanguineus modula a diferenciação e maturação de célula dentríticas de camundongos (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SOUZA, KAREN ANGÉLICA CAVASSANI DE - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: BIOLOGIA ANIMAL; IMUNOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Carrapatos são artrópodes hematófagos que parasitam vertebrados e transmitem uma grande variedade de agentes infecciosos para o homem e animais domésticos. A saliva desses artrópodes contém uma variedade de substâncias com diversas atividades imunossupressoras e anti-inflamatórias que são essenciais para sua alimentação e podem facilitar a transmissão de patógenos. Devido às células dendríticas (CDs) serem células altamente especializadas na modulação e iniciação da resposta imune primária mediada por células T, esse estudo procurou verificar o efeito da saliva de carrapatos R. sanguineus no processo de diferenciação e maturação de CDs de camundongos. A saliva de carrapatos inibiu a diferenciação de precursores da medula óssea em CDs CD 11 c+CD 11 b+ cultivadas por nove dias na presença de GM-CSF e IL-4 e reduziu significativamente a população de CDs expressando moléculas CD 11 b, CD80, CD86, enquanto que a população de CDs expressando MHC-II e CD40 não foi alterada. Adicionalmente, quando observamos o efeito da saliva sobre as CDs imaturas, previamente diferenciadas por 9 dias na presença de GM-CSF e IL-4, observamos que houve uma redução significativa da população de células CDllc+CDllb+ e um aumento na intensidade de expressão de moléculas MHC-II nessas células. Com respeito à maturação das CDs na presença de LPS, verificamos que embora a saliva de carrapatos não tenha alterado o aumento da intensidade da expressão de MHC-II induzido pelo LPS, elareduziu significativamente a expressão das moléculas co-estimulatórias CDS6 e CD40 que havia sido induzida pelo LPS. Finalmente, apesar de ter sido observado que a saliva aumentou a síntese de IL-12 por CDs imaturas, foi verificado que ela inibiu a produção de IL-12 por essas mesmas células, quando estimuladas com LPS. Não se observou qualquer alteração quanto à secreção de IL-10 nos experimentos realizados. Baseado nos resultados obtidos podemos sugerir que ) um dos mecanismos pelo qual saliva de carrapatos suprime a resposta imune de seus hospedeiros é inibindo a diferenciação e maturação das CDs, dificultando a reposição de CDs imaturas nos tecidos periféricos, assim como impedindo a co-estimulação adequada durante a ativação das células T. Além desses achados contribuírem para um melhor entendimento dos efeitos da saliva de carrapatos na supressão da resposta imune de seus hospedeiros, indicam a necessidade de se identificar e isolar moléculas presentes na saliva de carrapatos que poderiam modular a diferenciação e maturação das CDs
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.04.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Karen Angélica Cavassani de; FERREIRA, Beatriz Rossetti. Saliva de carrapatos Rhipicephalus sanguineus modula a diferenciação e maturação de célula dentríticas de camundongos. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Souza, K. A. C. de, & Ferreira, B. R. (2002). Saliva de carrapatos Rhipicephalus sanguineus modula a diferenciação e maturação de célula dentríticas de camundongos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Souza KAC de, Ferreira BR. Saliva de carrapatos Rhipicephalus sanguineus modula a diferenciação e maturação de célula dentríticas de camundongos. 2002 ;
    • Vancouver

      Souza KAC de, Ferreira BR. Saliva de carrapatos Rhipicephalus sanguineus modula a diferenciação e maturação de célula dentríticas de camundongos. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022