Exportar registro bibliográfico

Comportamento hidráulico de alguns solos lateríticos para uso como barreira impermeável (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MACAMBIRA, INDIRA QUEIROZ - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SGS
  • Subjects: ATERROS SANITÁRIOS; CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: Barreiras impermeáveis são uma necessidade em várias obras de engenharia e, em geral, naquelas destinadas à disposição de resíduos, como os aterros e as lagoas de efluentes. Solos compactados têm sido largamente utilizados para essa finalidade. Nesse sentido, esses solos devem ter características apropriadas, como baixa permeabilidade, as quais devem permanecer frente às solicitações da obra. Este trabalho trata do estudo da potencialidade do uso de solos lateríticos compactados em barreiras impermeáveis para sistemas de contenção de resíduos. Neste estudo avaliaram-se os efeitos da umidade e da energia de compactação em duas propriedades importantes para a finalidade desejada, a permeabilidade e a contração, por meio de corpos de prova de dimensões reduzidas, tal qual utilizado na metodologia MCT. Verificou-se que, em geral, a condutividade hidráulica diminuiu com o aumento da umidade, até a umidade ótima, permanecendo praticamente constante ou diminuindo ligeiramente a partir daí. O aumento da energia de compactação diminuiu as condutividades hidráulicas de forma pronunciada no ramo seco da curva de compactação, mas após a umidade ótima as variações foram pequenas para energias acima de 12 golpes. As mínimas condutividades hidráulicas obtidas foram da ordem de '10 POT. -7' cm/s para vários solos ensaiados. Outro fator que também influenciou na diminuição da condutividade hidráulica dos solos, foi o aumento da porcentagem de argila. No que se refere àscontrações dos solos, o aumento da umidade acarretou em aumento das contrações axiais, que atingiram valores máximos da ordem de 4%. Os solos mais arenosos apresentaram as menores contrações axiais, não ultrapassando valores da ordem de 1%, enquanto para os solos argilosos as contrações médias foram da ordem de 2%. O aumento da energia de compactação acarretou ligeiro aumento das contrações axiais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.08.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACAMBIRA, Indira Queiroz; VILAR, Orencio Monje. Comportamento hidráulico de alguns solos lateríticos para uso como barreira impermeável. 2002.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-14112002-103607/ >.
    • APA

      Macambira, I. Q., & Vilar, O. M. (2002). Comportamento hidráulico de alguns solos lateríticos para uso como barreira impermeável. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-14112002-103607/
    • NLM

      Macambira IQ, Vilar OM. Comportamento hidráulico de alguns solos lateríticos para uso como barreira impermeável [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-14112002-103607/
    • Vancouver

      Macambira IQ, Vilar OM. Comportamento hidráulico de alguns solos lateríticos para uso como barreira impermeável [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-14112002-103607/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021