Exportar registro bibliográfico

Tecnologia de produção de maxixe paulista (Cucumis anguria L.) (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MODOLO, VALÉRIA APARECIDA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: MAXIXE (LEGUME); TECNOLOGIA AGRÍCOLA
  • Language: Português
  • Abstract: Maxixe Paulista é um novo tipo de maxixe obtido a partir do cruzamento de Cucumis anguria x Cucumis longipes. Após ciclos de seleção massal intercalados a ciclos de endogamia, foram obtidas linhagens que diferem do tipo comum pelas suas características de ausência de espiculosidade, tamanho de fruto e formato de folha não lobulada semelhante ao pepino. Em três ensaios de campo, linhagens e híbridos de Maxixe Paulista foram avaliados quanto ao comportamento e produção de frutos em três sistemas de cultivo: a) com cobertura de polietileno e fertirrigação; b) cultivados em vasos com substrato, com tutoramento e podas e em ambiente protegido; c) no sistema de cultivo tutorado em rede agrícola. No primeiro ensaio, foram avaliadas dez linhagens de Maxixe Paulista e uma cultivar do Maxixe Comum. As linhagens de Maxixe Paulista apresentaram um peso médio de fruto de 66 a 91% maior que o tipo Comum. A produção em peso total de frutos não diferiu entre os dois tipos de maxixe. O cultivo em canteiros com cobertura de polietileno e fertirrigação por gotejamento proporcionou uma produtividade estimada de 51,89 t.ha-1. No segundo ensaio, três linhagens do Maxixe Paulista e o tipo Comum foram cultivados em vasos com substrato, em ambiente protegido, com tutoramento e podas. As linhagens de Maxixe Paulista apresentaram um peso médio de fruto de 62 a 84% maior que o tipo Comum. A linhagem 2 foi tão produtiva, em termo de peso total, quanto o tipo Comum porém seu peso médio defruto foi 75% maior. A planta de maxixe mostrou ser inadequada para condução no protocolo de tutoramento e podas da cultura do pepino. No terceiro ensaio, foram avaliadas quatro linhagens e seis híbridos simples, quanto ao comportamento e produção de frutos no sistema de cultivo tutorado em rede agrícola. A produção e a qualidade dos frutos dos híbridos foi equivalente a das linhagens. A rede agrícola de maxixe paulista na forma tutorada. A concentração ) da frutificação ocorreu nas hastes secundárias e terciárias, cujas gavinhas mantiveram as plantas presas à rede. Esta técnica de condução facilitou a colheita e incrementou a qualidade dos frutos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.09.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MODOLO, Valéria Aparecida; COSTA, Cyro Paulino da. Tecnologia de produção de maxixe paulista (Cucumis anguria L.). 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10022003-133834/ >.
    • APA

      Modolo, V. A., & Costa, C. P. da. (2002). Tecnologia de produção de maxixe paulista (Cucumis anguria L.). Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10022003-133834/
    • NLM

      Modolo VA, Costa CP da. Tecnologia de produção de maxixe paulista (Cucumis anguria L.) [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10022003-133834/
    • Vancouver

      Modolo VA, Costa CP da. Tecnologia de produção de maxixe paulista (Cucumis anguria L.) [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10022003-133834/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021