Exportar registro bibliográfico

Resinas acrílicas para bases de prótese totais: estudo da influência da pigmentação das resinas na alteração dimensional e propriedades mecânicas (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: GONÇALVES, LUIZ CARLOS - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODP
  • Subjects: PIGMENTAÇÃO EM PRÓTESE; RESINAS ACRÍLICAS; MATERIAIS (PROPRIEDADES MECÂNICAS); PRÓTESE TOTAL (ESTABILIZAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: A preocupação em obter próteses, parciais ou totais removíveis, com aspecto mais natural existe há muito tempo. Um dos principais meios para se conseguir esta naturalidade é a caracterização da base em termos de deixá-la com uma coloração o mais próximo possível daquela encontrada na cavidade bucal. Esta coloração é conseguida pela adição de pigmentos na composição das resinas acrílicas a base de metilmetacrilato, utilizadas para obtenção das bases destes aparelhos. Estes pigmentos normalmente são inertes e não participam da reação de polimerização do metilmetacrilato, isto pode interferir na formação de cadeias poliméricas com tamanho e peso molecular adequados para se obter um produto final com propriedades ideais para que não se alterem física ou quimicamente, o que poderia contribuir para o aparecimento de alterações dimensionais que impossibilitam o alcance dos requisitos físicos e funcionais das próteses. O presente trabalho objetivou conhecer a influência da pigmentação das resinas acrílicas em sua estabilidade dimensional e propriedades mecânicas. Para tanto, foram selecionadas resinas acrílicas, de um mesmo fabricante, com composição semelhante e que basicamente diferiam na quantidade do pigmento (corante) utilizado para obtenção de variadas nuances de cores. Os materiais selecionados foram a resina vipi cril incolor, resina vipi cril rosa médio e a resina rosa roxo do sistema STG de caracterização de bases de próteses, todas de fabricação daDental VIPI. O estudo da estabilidade dimensional foi realizado por meio de uma análise comparativa de distâncias lineares, determinadas pela fixação de pontos de referência em um corpo de prova acrílico, obtido a partir de uma matriz metálica única para todos os corpos de prova. Uma leitura de referência da distância foi efetuada na matriz metálica e após a acrilização, leituras de controle foram realizadas possibilitando um acompanhamento da variação ) desta distancia com o tempo até a sua estabilização permitindo o conhecimento do padrão de comportamento e da magnitude da alteração sofrida. O estudo das propriedades mecânicas foi realizado através de ensaios de tração em corpos de prova acrílicos normalizados, que permitiram a obtenção de parâmetros como o limite de resistência, a deformação linear, o módulo de elasticidade e o módulo de resiliência. Estes parâmetros permitem o estabelecimento de uma correlação entre os mesmos e a capacidade de um material em resistir a forças externas sem que o mesmo venha a falhar durante a execução de sua função. Os resultados mostraram que os três materiais testados apresentaram uma estabilidade dimensional bastante satisfatória, apresentando um padrão de comportamento similar ao anteriormente observado e uma magnitude acima daquela já conhecida, podendo ser relacionada ao formato do corpo de prova. Quando se compara os três materiais testados, a diferença existente não é estatisticamente significante, sendo ligeiramentefavorável à resina incolor em relação aos demais e da resina rosa médio em relação à resina rosa roxo. Os resultados dos ensaios de tração denotaram melhores propriedades mecânicas para a resina incolor seguida pela resina rosa roxo e rosa médio respectivamente, sendo a diferença estatisticamente significante. Portanto, a resina incolor se apresentou como sendo o material mais adequado a compor as bases de próteses parciais ou totais removíveis tanto pela melhor estabilidade dimensional quanto pelas melhores propriedades mecânicas, que a capacita a suportar melhor as condições adversas (forças externas da musculatura e variações de temperaturas dos alimentos ingeridos) a que são submetidos estes aparelhos durante a função, mantendo-se mais estável dimensionalmente e, portanto, cumprindo de melhor maneira os requisitos de retenção, estabilidade e comodidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.05.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Luiz Carlos; CORRÊA, Gerson de Arruda. Resinas acrílicas para bases de prótese totais: estudo da influência da pigmentação das resinas na alteração dimensional e propriedades mecânicas. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Gonçalves, L. C., & Corrêa, G. de A. (2002). Resinas acrílicas para bases de prótese totais: estudo da influência da pigmentação das resinas na alteração dimensional e propriedades mecânicas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gonçalves LC, Corrêa G de A. Resinas acrílicas para bases de prótese totais: estudo da influência da pigmentação das resinas na alteração dimensional e propriedades mecânicas. 2002 ;
    • Vancouver

      Gonçalves LC, Corrêa G de A. Resinas acrílicas para bases de prótese totais: estudo da influência da pigmentação das resinas na alteração dimensional e propriedades mecânicas. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020