Exportar registro bibliográfico

Processos de polpação Kraft, convencional e modificado, com madeiras de E. grandis e híbrido (E. grandis x E. urophylla) (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: BASSA, ALEXANDRE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: CELULOSE SULFATO; EUCALIPTO; MADEIRA; POLPAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil é o maior produtor mundial de polpa celulósica de fibra curta de eucalipto, utilizada na fabricação de papéis para os mais diversos fins. Os números do setor celulósico indicaram no último ano cerca de dois bilhões de dólares em exportação, sendo ainda, enorme o potencial de crescimento. Estudos visando novas tecnologias devem ser incentivados, permitindo ao Brasil a manutenção da posição atual, mesmo porque é observado o aumento da competitividade devido à globalização que se vivencia. Os objetivos do presente trabalho consistiram em avaliar processos de polpação kraft convencional e modificado, para as madeiras de Eucalyptus grandis e de híbrido (Eucalyptus grandis versus Eucalyptus urophylla), visando fornecer subsídios de controles para os processos em escala industrial e estudar a qualidade das madeiras. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado. As polpações foram realizadas por processos kraft convencional e modificado, com e sem a adição de antraquinona, em diferentes níveis de deslignificação (números kappa 14, 16 e 18), avaliando-se na polpa celulósica produzida o rendimento gravimétrico, a qualidade do produto final, os licores negros e a composição polissacarídica das polpas obtidas. Os materiais avaliados de Eucalyptus grandis e do híbrido de Eucalyptus grandis versus Eucalyptus urophylla são diferentes em termos de densidade básica, composição química, dimensão de fibra e rendimento gravimétrico, com nítidasuperioridade para o material de Eucalyptus grandis. O Eucalyptus grandis versus Eucalyptus uroplhylla apresentou maior valor de densidade básica que o Eucalyptus grandis, respectivamente 0,543 e 0,424 g/cm³. A melhor performance do Eucalyptus grandis para composição química (maior teor de holocelulose e menores teores de lignina e extrativos), conduziram a um maior rendimento, além de menores consumos de produtos químicos e energia para obtenção de polpa a um dado número kappa. No que tange as polpações, as diferenças para rendimento gravimétrico entre materiais genéticos, processos de polpação e níveis de deslignificação foram marcantes. Para o parâmetro viscosidade e composição polissacarídica diferenças também foram observadas. O material híbrido apresentou um maior consumo de álcali ativo. Comparando-se os processos de polpação fica evidenciado uma necessidade de carga alcalina maior para os processos modificados, estes permitiram uma manutenção das viscosidades das polpas celulósicas obtidas, para ambos materiais genéticos. Apesar da maior carga alcalina, em porcentagem, aplicada nos cozimentos modificados, observa-se que a demanda em termos de kg/odt de álcali foi menor nesta situação, indicando uma de suas vantagens. Nota-se, que os cozimentos modificados apresentaram valores mais elevados de tss/odt devido às altas cargas alcalinas aplicadas. Valores inferiores para xilanas nas polpas celulósicas obtidas a partir decozimentos modificados, indicaram uma redução na quantidade destes carboidratos, apesar das maiores viscosidades das polpas celulósicas obtidas neste tipo de processo de polpação. A adição de antraquinona permitiu a redução da carga alcalina aplicada e ganhos em rendimento gravimétrico. Estimativas de rendimento com a utilização da composição polissacarídica (glucanas e xilanas), para os diferentes materiais genéticos, diferentes processos de polpação e níveis de deslignificação foram obtidas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.08.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BASSA, Alexandre; SILVA JÚNIOR, Francides Gomes da. Processos de polpação Kraft, convencional e modificado, com madeiras de E. grandis e híbrido (E. grandis x E. urophylla). 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11149/tde-20191218-123106/ >.
    • APA

      Bassa, A., & Silva Júnior, F. G. da. (2002). Processos de polpação Kraft, convencional e modificado, com madeiras de E. grandis e híbrido (E. grandis x E. urophylla). Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11149/tde-20191218-123106/
    • NLM

      Bassa A, Silva Júnior FG da. Processos de polpação Kraft, convencional e modificado, com madeiras de E. grandis e híbrido (E. grandis x E. urophylla) [Internet]. 2002 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11149/tde-20191218-123106/
    • Vancouver

      Bassa A, Silva Júnior FG da. Processos de polpação Kraft, convencional e modificado, com madeiras de E. grandis e híbrido (E. grandis x E. urophylla) [Internet]. 2002 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11149/tde-20191218-123106/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021