Exportar registro bibliográfico

Caracterização da participação da miosina V e de proteínas associadas em eventos sinápticos (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: CASALETTI, LUCIANA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Assunto: BIOLOGIA CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: Os terminais pré-sinápticos das células nervosas são regiões celulares com intenso trânsito de vesículas que carregam, estocam e liberam neurotransmissores. As vesículas sinápticas chegam aos terminals sinápticos graças a elementos do citoesqueleto (os microtúbulos e filamentos de actina) e dos motores moleculares (cinesinas e miosinas). A miosina-V de cérebro (M-Va) é uma mecanoenzima que participa de vários processos de motilidade celular e estudos recentes têm demonstrado sua associação com proteínas específicas dos terminais sinápticos. O objetivo deste trabalho é esclarecer a participação da M-Va e de proteínas associadas nos terminais pré-sinápticos de ratos (Wistar) e lulas (Loligo pealli) utilizando para isto sinaptosomas isolados de córtex de ratos e homogeneizados de lóbulos ópticos. Demonstramos a imunoprecipitação da M-Va de sinaptosomas lisados, utilizando anticorpos policlonais gerados contra os domínios de cabeça e cauda medial da M-Va. Também, nestes experimentos demonstramos a coimunoprecipitação da CaMQII (proteína quinase 11 dependente de cálcio e calmodulina) com M-Va, indicando a associação entre estas duas proteínas na região sináptica. Western blots de sinaptosomas despolarizados na presença de cálcio revelaram a formação de um polipeptídeo de 80 K que é imunoreativo com o anticorpo anti-cauda medial da M-Va. Inibidores de calpaína, calpastatina (molécula inteira e seu peptídeo ativo) e leupeptina inibiram dramaticamente aformação deste fragmento de 80 K em sinaptosomas tratados com 0,05% de Triton X-100. No entanto quando estes inibidores foram adicionados no meio extracelular, a supressão da formação do polipeptídeo de 80 K foi proporcional à sua permeabilidade à membrana: leupeptina>calpastatina peptídeo>molécula inteira de calpastatina. Podemos concluir com estes dados que a M-Va localizada em terminais sinápticos é suscetível a proteólise pela calpaína endógena ) no mesmo sítio na cauda medial previamente identificada in vitro. Western blots de homogeneizados de lóbulos ópticos de lulas sondados com anticorpo anti-cabeça de M-Va de galinha não apresentaram banda correspondente à cadeia pesada da miosina-V. Entretanto, um polipeptídeo de aproximadamente 65 k surpreendentemente foi fortemente marcado por este anticorpo de galinha. O polipeptideo de 65k não foi reconhecido por um anticorpo anti-miosina V de lula, nem com outro antícorpo anti-cauda medial de M-Va de galinha. O polipeptídeo foi isolado à partir de cromatografias de troca iônica e fase reversa e de eletrotransferência para PVDF. O microseqüenciamento do Nterminal deste polipeptídeo determinou seus primeiros 15 resíduos de aminoácidos: PVDAMDDYERPPPXM. Uma busca de homologias com esta sequência em bancos de dados mostrou que se tratar de uma proteína ainda desconhecida. A identificação deste polipeptídeo que apresenta um epitopo em comum com a M-Va de galinha pode dar pistas para desvendar elementoschaves na transmissão sináptica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.03.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASALETTI, Luciana; LARSON, Roy Edward. Caracterização da participação da miosina V e de proteínas associadas em eventos sinápticos. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Casaletti, L., & Larson, R. E. (2002). Caracterização da participação da miosina V e de proteínas associadas em eventos sinápticos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Casaletti L, Larson RE. Caracterização da participação da miosina V e de proteínas associadas em eventos sinápticos. 2002 ;
    • Vancouver

      Casaletti L, Larson RE. Caracterização da participação da miosina V e de proteínas associadas em eventos sinápticos. 2002 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021