Exportar registro bibliográfico

Tomografia sísmica do Manto Superior abaixo do Sudeste e Centro Oeste do Brasil (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: VILCA, CHRISTIAN ESCALANTE - IAG
  • Unidade: IAG
  • Sigla do Departamento: AGA
  • Assunto: GEOFÍSICA
  • Language: Português
  • Abstract: Investigamos a estrutura do manto abaixo do sudeste e centro oeste do Brasil através de inversões tomográficas de resíduos de tempos de percurso de ondas P. Os dados utilizados vieram de mais de 55 eståções distribuídas numa área de 1500x1700 km durante os anos de 1992 a 2001. Mais de 7000 tempos de percurso relativos foramobtidos das formas de onda usando um novo funcional de coerência. Estes tempos das fases P foram invertidos para determinar as pertubações da vagarosidade até 1400km de profundidade. Os modelos obtidos representam a quantidade mínima de estrutura requerida para explicar os resíduos dentro de um desvio padrão definido. As características robustas e consistentes nos modelos de velocidade de ondas P são interpretadas e sua resolução é avaliada através de inversões sintéticas. Os resultados permitiram uma separação mais detalhada das estruturas geológicas devido à maior quantidade de dados com melhor resolução das anomalias abaixo do sudeste e centro oeste do Brasil. Estes resultados confirmaram a existencia de uma anomalia cilíndrica de baixa velocidade sob a Bacia do Paraná, a qual tem sido interpretada (VanDecar et al.,1995; Schimmel et al., 2002) como o conduto fóssil da pluma de Tristan da Cunha. Sob a região de Goiás constatou-se uma anomalia de velocidade baixa, talvez relacionada ao conduto fóssil da pluma de Trindade, cujo impacto, a 85 Ma atrás, afetou uma área de 500km de raio com centro na província Iporá em Goiás. O Cratón de SãoFrancisco é sismicamente visível como uma anomalia de velocidade alta com raízes até 200-250km de profundidade. Outra anomalia de velocidade alta é observada sob a Bacia do Paraná compatível com um núcleo cratônico inferido por Cordani et al., (1984). O slab subduzido da Placa de Nazca é observado como uma anomalia de velocidade alta quase contínua orientada na direção N-S e se estendendo até uma profundidade de pelo menos 1400- km
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.08.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VILCA, Christian Escalante; ASSUMPÇÃO, Marcelo Souza de. Tomografia sísmica do Manto Superior abaixo do Sudeste e Centro Oeste do Brasil. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Vilca, C. E., & Assumpção, M. S. de. (2002). Tomografia sísmica do Manto Superior abaixo do Sudeste e Centro Oeste do Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Vilca CE, Assumpção MS de. Tomografia sísmica do Manto Superior abaixo do Sudeste e Centro Oeste do Brasil. 2002 ;
    • Vancouver

      Vilca CE, Assumpção MS de. Tomografia sísmica do Manto Superior abaixo do Sudeste e Centro Oeste do Brasil. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021