Exportar registro bibliográfico

Identificação de parâmetros de produtividade de um Centro de Material e Esterilização (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: SANCINETTI, TANIA REGINA - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENC
  • Subjects: ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM; PRODUTIVIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo teve como finalidade contribuir para a atividade de gerenciamento do Centro de Material e Esterilização, buscando identificar alguns parâmetros de produtividade. Foi desenvolvido em um hospital universitário geral, voltado à assistência secundária, no município de São Paulo. Os dados foram obtidos a partir de documentos da Instituição e na observação das tarefas e tempos envolvidos no processamento de dois artigos selecionados como amostra, quais sejam: caixa de herniorrafia e pacote de curativo cirúrgico. Os resultados permitiram classifcar os artigos odonto-médico- hospitalares, processados no CME, segundo sua especificidade (inox, tecido, agulha, caixa, material respitório e material de vidro e borracha), tipo de material, número de itens e número de tarefas envolvidas no processamento de cada tipo de artigo. Calculou-se também a carga horária dos funcionários, segundo a categoria, turno e setor e a sua freqüência em horas. Esses dados foram associados com os de produção do CME no período do estudo (agosto 2000 a julho 2001). A média de produção mensal de 30.466,42 artigos e a capacidade média de produção por hora foi 10,3 artigos por funcionário (considerando 75,0% de horas produtivas). A produção mensal por grupos de artigos distribuiu-se em: material respiratório 6.356 artigos; grupo de campos 4.202; grupo de utensílios 4.014; grupo de curativos 3.891; compressas cirúrgicas 3.103; ataduras 3.099; vidro e borracha 2.402; grupo de instrumental 1.167;grupo de caixas 1.106; grupo de bandejas 1.012 e grupo de agulhas 115. A distribuição por setores usuários tem as seguintes características: o centro cirúrgico recebeu 23.3% dos artigos; o centro obstétrico 14,42%; a emergência 14,62%, representando 52,3% dos artigos. Os outros 16 usuários receberam os 47,7% restantes. Observou-se o tempo de processamento dos artigos, o tempo de espera entre tarefas e tempo de processo automatizado e ) manual: o curativo cirúrgico desde sua entrada no setor de expurgo até o armazenamento foi em média de 295 minutos, sendo 45,42 % em processo e 54,67% em espera; seu processo manual utilizou 46 minutos e o automatizado 88 minutos. O tempo da caixa de herniorrafia 329 minutos, sendo 48,0 % em procedimento e 52,0% em espera; seu processo manual utilizou 60 minutos e o automatizado 98 minutos. Com os dados desta observação, foi possível constatar a utilização das horas de funcionário para o processamento manual dos artigos. Considerando a amostra curativo cirúrgico, o setor expurgo utilizou 59,23% das horas produtivas; a guarda e distribuição 26,31%; a esterilização 10,94% e o preparo 3,28%. Relacionamento com a caixa de herniorrafia, obteve-se que a utilização das horas produtivas para o processo manual foi: no setor preparo 16,20%; no expurgo 11,84%; na guarda e distribuição 7,47% e na esterilização 1,89%
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.05.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANCINETTI, Tânia Regina; GATTO, Maria Alice Fortes. Identificação de parâmetros de produtividade de um Centro de Material e Esterilização. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Sancinetti, T. R., & Gatto, M. A. F. (2002). Identificação de parâmetros de produtividade de um Centro de Material e Esterilização. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Sancinetti TR, Gatto MAF. Identificação de parâmetros de produtividade de um Centro de Material e Esterilização. 2002 ;
    • Vancouver

      Sancinetti TR, Gatto MAF. Identificação de parâmetros de produtividade de um Centro de Material e Esterilização. 2002 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021