Exportar registro bibliográfico

Avaliação das características físico-químicas, celulares e microbiológicas do leite de cabras das raças Saanen e Alpina criadas no Estado de São Paulo (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: FERNANDES, MARIA APARECIDA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: CABRA ALPINA; CABRA SAANEN; LEITE; MASTITE ANIMAL; PROTEÍNAS; GORDURAS
  • Language: Português
  • Abstract: Foram colhidas 464 amostras de leite de 232 cabras sadias, das raças Saanen (115) e Alpina (117), criadas no Estado de São Paulo, objetivando-se avaliar a influência do número e fases de lactação; tipo de ordenha; raça; metade mamária e do isolamento bacteriano sobre a composição fisico-química e celular do leite. Os valores globais obtidos para as variáveis estudadas foram : Ec = 6,63mS/cm; pH=6,53; Cloreto=47,94mmol/dl; Gordura=2,96d/d; Proteína = 3,11g/dl; Lactose = 4,27g/dl e CCS = 5,84 'log IND. 10'/ml. Dentre os agentes bacterianos isolados de 156 amostras positivas ao exame microbiológico destacaram-se as bactérias do grupo dos estafilococos com uma freqüência de 93,5%, estreptococos, 2,0% e os demais 2,5%. O Staphylococcus sp coagulase negativa foi isolado em 48,7% amostras e o Staphylococcus saprofítico em 32%. A eletrocondutividade do leite aumentou de forma equivalente aos teores de cloretos, apresentou uma relação negativa e de alta intensidade (r < -0,741) com a lactose. Houve uma relação negativa e de média intensidade (r < -0,275) entre os teores de gordura e a eletrocondutividade. A raça Alpina apresentou valor médio de eletrocondutividade de 6,71 mS/cm, significativamente maior que 6,55 mS/cm da Saanen, as quais apresentaram valor médio de 3,30 g/dl de gordura, significativa maior que 2,64 g/dl da raça Alpina. As cabras ordenhadas mecanicamente apresentaram valor médio de pH 6,47 e cloreto 50,94 mmol/dl, significativamente maiores que as ordenhadasmanualmente (6,23 e 43,44 mmol/dl, respectivamente). O tipo de ordenha, raças, metades da glândula mamária, e número de lactações não influenciaram significativamente os teores de proteínas do leite. Os teores de gordura (3,49 g/dl) e lactose (4,40 g/dl) de cabras ordenhadas manualmente foram significativamente maiores do que as ordenhadas mecanicamente (2,61 g/dl e 4,20 g/dl, respectivamente). ) O valor médio da CCS da quarta (6,02 'log IND. 10'/ml) e quinta lactação foram maiores que da primeira lactação (5,67 'log IND. 10'/ml). O valor da CCS do leite de cabras da fase final da lactação (5,93 'log IND. 10'/ml) foi significativamente maior do que da primeira fase de lactação (5,72). Das amostras examinadas, 156 (33,6%) foram positivas ao exame microbiológico, com isolamento de 93,5% do gênero Staphylococcus, principalmente S. saprophyticus (32,0%), Staphylococcus coagulase negativos (29,5%), Staphylococcus hyicus (7,7%), Staphylococcus intermedius (3,8) e Staphylococcus aureus (1,3%)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.05.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Maria Aparecida; ARAUJO, Wanderley Pereira de. Avaliação das características físico-químicas, celulares e microbiológicas do leite de cabras das raças Saanen e Alpina criadas no Estado de São Paulo. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Fernandes, M. A., & Araujo, W. P. de. (2002). Avaliação das características físico-químicas, celulares e microbiológicas do leite de cabras das raças Saanen e Alpina criadas no Estado de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Fernandes MA, Araujo WP de. Avaliação das características físico-químicas, celulares e microbiológicas do leite de cabras das raças Saanen e Alpina criadas no Estado de São Paulo. 2002 ;
    • Vancouver

      Fernandes MA, Araujo WP de. Avaliação das características físico-químicas, celulares e microbiológicas do leite de cabras das raças Saanen e Alpina criadas no Estado de São Paulo. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021