Exportar registro bibliográfico

A morte e o morrer nas representações sociais dos alunos de curso de ensino médio em enfermagem (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: FIDELIS, WANIA MARIA ZANGIROLAMO - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: ATITUDES FRENTE À MORTE; EMOÇÕES; PSICOLOGIA SOCIAL
  • Language: Português
  • Abstract: A profissionalização na área de saúde está voltada para o encontro de caminhos que conduzam a uma melhor forma de viver, a ênfase está na vida. Porém a temática mais problematizada no cotidiano da enfermagem é o morrer. A equipe de saúde está cada vez mais se especializando para atuar em relação à doença, tentando garantir a vida, mas não havendo explicitamente preocupação com o enfrentamento da morte e do processo de morrer. O profissional de ensino médio é um agente imprescindível no processo de cuidar, sua formação técnica deve ser acrescida de reflexões e discussões sobre o enfrentamento da morte e do morrer. Este estudo tem o propósito de buscar subsídios que possam contribuir com a formação desses elementos da equipe de enfermagem. Esta pesquisa teve como objetivos: desvelar as representações sociais dos alunos do Curso de Ensino Médio de Enfermagem, acerca do processo da morte e do morrer e correlacionar essas representações com o cotidiano vivido durante o curso. A metodologia adotada foi qualitativa, tendo o referencial da Representação Social como suporte teórico. Foram entrevistadas 10 sujeitos, alunos de uma instituição de Ensino da cidade de São Paulo. A análise temática foi o recurso para o entendimento das falas. Cinco categorias foram delineadas com algumas temas: 1) a morte não é o fim; 2) representações em relações à morte e o morrer de familiares e amigos (abrir o chão: vazio e saudade; impotência e culpa - impossível impedir a finitude e aperda; compartilhar os últimos momentos; finalização do sofrimento); 3) representações em relações à morte e o morrer de pacientes (perda, tristeza, saudade - impotência, fracasso; culpa: poderia ter feito mais?; buscar explicações); 4) aspectos éticos; 5) religiosidade. A representação dos sujeitos desta pesquisa acerca da morte e do morrer fica caracterizada como onipotência 'versus' impotência, numa conotação de poder e fracasso. Esta representação (continuação) está ancorada na onipotência do cuidado, um cuidado entendido como ilimitado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.03.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FIDELIS, Wania Maria Zangirolamo; MACHADO, Ana Lúcia. A morte e o morrer nas representações sociais dos alunos de curso de ensino médio em enfermagem. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Fidelis, W. M. Z., & Machado, A. L. (2002). A morte e o morrer nas representações sociais dos alunos de curso de ensino médio em enfermagem. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Fidelis WMZ, Machado AL. A morte e o morrer nas representações sociais dos alunos de curso de ensino médio em enfermagem. 2002 ;
    • Vancouver

      Fidelis WMZ, Machado AL. A morte e o morrer nas representações sociais dos alunos de curso de ensino médio em enfermagem. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020