Exportar registro bibliográfico

Mortalidade neonatal no município de São Paulo: estudo das causas de morte segundo peso ao nascer, tipo de parto, sexo e idade ao morrer (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: FERNANDES, RACHEL MARIA BORELLI PARADELLA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: MORTALIDADE NEONATAL; SAÚDE PÚBLICA; CAUSA DA MORTE; CUIDADO PRÉ-NATAL
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Analisar o perfil dos nascidos vivos e dos óbitos neonatais e suas causas. Métodos: Estudo transversal com base em dados vinculados (DO/DN). Foram estudados os recém-nascidos em São Paulo, de mães residentes no município, no 1º semestre de 1995 e os óbitos neonatais deles originados, obtendo-se probabilidades de morte e riscos relativos. Resultados: Os óbitos se concentraram no período neonatal precoce. As probabilidades de morte decresceram conforme aumento de peso ao nascer para os RN com peso inferior a 3.000g. Foi observada maior probabilidade de morte para os RN de baixo peso do sexo masculino. Houve associação entre parto normal e risco de morte para os RN de peso ao nascer inferior a 1.500g e houve associação entre cesárea e risco de morte para os RN de 2.000 a 2.999g. Quanto menor o peso ao nascer, maior foi o risco de morte precoce. Foi observado maior risco de morrer na primeira hora de vida entre os RN de peso ao nascer inferior a 1.000g. As afecções perinatais foram responsáveis pela maioria os óbitos, com probabilidade de morte, diminuiu conforme aumentou o peso ao nascer. Conclusões: A alta taxa de óbitos na primeira hora de vida, especialmente para os de extremo baixo peso, sugere que nem todos os RN receberam reanimação adequada. A concentração de partos normais em categorias de peso em que há benefícios quando se realizam cesáreas, o grande percentual de mortes por causas perinatais e a elevada participação dos RN de 1.000 a 1.499gno total de óbitos indicam que muitos destes óbitos poderiam ter sido evitados, se houvesse serviços de saúde regionalizados e hierarquizados, que identificassem as gestantes de risco, assegurando à mãe e ao RN acesso aos tratamentos necessários
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.06.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Rachel Maria Borelli Paradella; ALMEIDA, Márcia Furquim de. Mortalidade neonatal no município de São Paulo: estudo das causas de morte segundo peso ao nascer, tipo de parto, sexo e idade ao morrer. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Fernandes, R. M. B. P., & Almeida, M. F. de. (2002). Mortalidade neonatal no município de São Paulo: estudo das causas de morte segundo peso ao nascer, tipo de parto, sexo e idade ao morrer. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Fernandes RMBP, Almeida MF de. Mortalidade neonatal no município de São Paulo: estudo das causas de morte segundo peso ao nascer, tipo de parto, sexo e idade ao morrer. 2002 ;
    • Vancouver

      Fernandes RMBP, Almeida MF de. Mortalidade neonatal no município de São Paulo: estudo das causas de morte segundo peso ao nascer, tipo de parto, sexo e idade ao morrer. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021