Exportar registro bibliográfico

Estudo térmico e vibracional do ionômero nafion (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MACHADO JUNIOR, CARLOS NALVO - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: ANÁLISE ESPECTROSCÓPICA; MÉTODO TERMOANALÍTICO
  • Language: Português
  • Abstract: O Nafion é um ionômero constituído por uma matriz de politetrafluoroetileno (PTFE) contendo ramificações laterais terminadas em grupos sulfônicos. Neste trabalho, a membrana na forma ácida e nas formas salinas (Li+, Na+, K+, Rb+ e Cs+) foram analisadas, via espectroscopia vibracional e análise térmica. Para proceder a análise vibracional, dividiu-se o ionômero em três grupos, cada qual pertencente a um grupo pontual distinto: o grupo sulfonato (C3v); o grupo éter (C2v) e a matriz fluorocarbônica D(14'pi'/15). O grupo sulfonato apresenta modos vibracionais de estiramento simétrico ('1060 cm POT. -1´) e de estiramento degenerado (na região de '1300 cm POT. -1'). O Nafion apresenta dois grupos éter, os quais deram origem no espectro a duas bandas: uma em 984 e outra na região de '970 cm POT. -1'. Verificou-se que apenas a banda em '970 cm POT. -1' sofre uma influência mais direta do ambiente iônico. A atribuição das bandas da matriz polimérica foi feita considerando-se que a cadeia de PTFE apresenta estrutura helicoidal ('15 IND. 7'). Nesta estrutura são previstas a existência de quatro espécies de simetria que apresentam atividade nos espectro Raman e infra-vermelho. No Raman são ativos os modos de espécie A1, E1 e E2 e no infra-vermelho são ativos os modos de espécie A2e E1. A análise térmica dividiu-se em: termogravimetria e calorimetria exploratória diferencial. A termogravimetria mostrou que a membrana na forma ácida apresenta um padrão de decomposiçãodistinto das membranas nas formas salinas. A calorimetria exploratória diferencial mostrou que a membrana na forma ácida apresenta três eventos endotérmicos: em '134 GRAUS'C, em '250 GRAUS'C e o último em '325 GRAUS'C. Na membrana nas formas salinas apenas o primeiro pico endotérmico é bastante evidente, o segundo pico é pouco pronunciado e o terceiro está completamente ausente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.06.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACHADO JUNIOR, Carlos Nalvo; KAWANO, Yoshio. Estudo térmico e vibracional do ionômero nafion. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46132/tde-27082018-094758/pt-br.php >.
    • APA

      Machado Junior, C. N., & Kawano, Y. (2002). Estudo térmico e vibracional do ionômero nafion. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46132/tde-27082018-094758/pt-br.php
    • NLM

      Machado Junior CN, Kawano Y. Estudo térmico e vibracional do ionômero nafion [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46132/tde-27082018-094758/pt-br.php
    • Vancouver

      Machado Junior CN, Kawano Y. Estudo térmico e vibracional do ionômero nafion [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46132/tde-27082018-094758/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020