Exportar registro bibliográfico

Teste com raízes de cebola para avaliação de toxicidade de efluentes industriais (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIBEIRO, IZABEL ADELINA - FSP
  • Unidades: FSP
  • Sigla do Departamento: HSA
  • Subjects: CEBOLA; RESÍDUOS INDUSTRIAIS; MONITORAMENTO AMBIENTAL; ÁGUA INDUSTRIAL (TOXICIDADE); ÁGUAS RESIDUÁRIAS (TOXICIDADE); BIOENSAIOS
  • Keywords: Allium Test; Aquatic Toxicology; Bioassay; Environmental Monitoring; Evaluation; Industrial Effluents; Onion Roots; Toxicity; Teste com Raízes de Cebola; Bioensaio; Efluentes Industriais; Raízes de Cebola; Avaliação; Toxicidade
  • Language: Português
  • Abstract: A cebola comum ALLIUM CEPA L. (2n=16) devido a sua excelente condição cromossômica, tem sido largamente utilizada como um sistema de testes para se examinar os efeitos citogenéticos causados por diversos compostos químicos em material biológico. Em estudos de monitoramento de riscos ambientais observou-se limitação no crescimento das raízes quando as cebolas são expostas à águas residuáriais provenientes de indústrias químicas. Nesse estudo, nós avaliamos este sistema de teste escolhendo alguns compostos de metais pesados, cujos efeitos em outros sistemas de testes, já se encontram descritos. Além disso, foram estudados vários fatores que poderiam interferir nos resultados tais como: temperatura; luminosidade; qualidade da água e qualidade das cebolas. As concentrações mais baixas empregadas (1,5 mg/l) nos testes, de cádmio e cobre demonstraram alta capacidade inibidora sobre o crescimento das raízes. O zinco apresentou toxicidade moderada a 1,5 mg/l e crescente às concentrações sucessivas mais elevadas. Efluentes industriais, contendo misturas de níquel e sulfatos ou cobre e cianeto, demonstraram-se altamente inibidores às concentrações mais empregadas (0,7%), resultados que demonstram a alta sensibilidade do teste aos sais de metais pesados. Quanto às condições experimentais que levaram a esses resultados, os testes revelaram que não existe influência pronunciada dos fatores luminosidade e temperatura. Quanto à água para controle e diluição, não deve serde torneira devido ao efeito inibidor do zinco e do cobre. Os resultados foram contraditórios em relação a um possível efeito osmótico da água destilada, sendo conveniente adicionar entre 100 a 250 mg/l de NaCl. A melhor resposta foi obtida com cebolas de origem argentina de 3,5 a 4,0 cm de diâmetro sendo preferível a manutenção das cascas para evitar murchamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.02.1998
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Izabel Adelina; BRANCO, Samuel Murgel. Teste com raízes de cebola para avaliação de toxicidade de efluentes industriais. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-08112013-121210/pt-br.php >.
    • APA

      Ribeiro, I. A., & Branco, S. M. (1998). Teste com raízes de cebola para avaliação de toxicidade de efluentes industriais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-08112013-121210/pt-br.php
    • NLM

      Ribeiro IA, Branco SM. Teste com raízes de cebola para avaliação de toxicidade de efluentes industriais [Internet]. 1998 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-08112013-121210/pt-br.php
    • Vancouver

      Ribeiro IA, Branco SM. Teste com raízes de cebola para avaliação de toxicidade de efluentes industriais [Internet]. 1998 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-08112013-121210/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020