Exportar registro bibliográfico

Retratos do Brasil em movimento pelas lentes de Octavio Ianni (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: VASCONCELOS, RAIMUNDO FERREIRA DE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FSL
  • Assunto: SOCIEDADE
  • Language: Português
  • Abstract: Retratos do Brasil em Movimento tem como objetivo examinar parte da obra sociológica de Octavio Ianni debruçada sobre a sociedade brasileira, a partir de 1930 em diante, destacando-se principalmente o período demarcado pelo populismo (1930-1964). Num primeiro momento, examina-se o Estado e o planejamento estatal na periferia capitalista. De modo breve revê-se algumas concepções acerca de Estado, esferas pública e privada, formações históricas de Estado e sua legitimidade. Será alvo de atenção o Estado Tecnoburocrático-Capitalista Dependente e a técnica de planejamento animada pelo caráter ideológico que a envolve. Neste ponto, contempla-se a cena brasileira calcada pelo planejamento estatal matizado pelo nacionalismo econômico, aportando ainda no planejamento realizado pelo regime autoritário, evidenciando-se o contexto econômico-político em que se deu e seus resultados. Evidencia-se também as contradições e as crises do modelo de desenvolvimento brasileiro, destacando-se as relações subordinadas da agricultura à indústria, do campo à cidade, tendo ainda como foco analítico o Estado e a política populista, sua práxis e seus resultados conseqüentes. Num segundo momento, as atenções se voltam para as classes sociais e seu desenvolvimento, explicitando aspectos conceituais dos sistemas de castas, estamentos e classes, no que respeita à possibilidade de sua aplicação ao conhecimento da sociedade brasileira. Nesta mesma estrutura, os conflitos, tensões e contradições sefazem representar através dos significados sociais dos sentimentos de revolta e submissão, além da discriminação que a sociedade de classes impõe ao negro e ao mulato brasileiros, e também, a outros estratos subalternos. Na seqüência, o desenvolvimento da agricultura no âmbito do ) capitalismo associado ou (inter)dependente toma lugar, trazendo consigo os retratos de nossas estruturas agrárias, denunciando formatos arcaicos, rígidos e heterogêneos. A superação desse cenário remete a análise para as transmutações ocorridas no campo: o capital exerce seu domínio sobre o trabalho, transfigurando camponeses em assalariados agrícolas e a revolução brasileira pede passagem. Num terceiro e último momento pesquisado, a investigação retoma o Estado nacional emoldurado e emoldurando-se com a Ordem Mundial, econômica e política, com o fito de radiografar alguns aspectos da crise de governança no Sistema Internacional, além da perda relativa de hegemonia do Estado-nação, intentando redefinir seu modus operandi face ao imperialismo renovado. Trata-se, pois, de um estudo que reúne teoremas e axiomas da Economia Política e da Sociologia, visando descrever e explicar a sociedade brasileira e sua evolução, seu desenvolvimento histórico e seus porquês, além de suas perspectivas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.06.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VASCONCELOS, Raimundo Ferreira de; GNACCARINI, Jose Cesar Aprilanti. Retratos do Brasil em movimento pelas lentes de Octavio Ianni. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Vasconcelos, R. F. de, & Gnaccarini, J. C. A. (2002). Retratos do Brasil em movimento pelas lentes de Octavio Ianni. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Vasconcelos RF de, Gnaccarini JCA. Retratos do Brasil em movimento pelas lentes de Octavio Ianni. 2002 ;
    • Vancouver

      Vasconcelos RF de, Gnaccarini JCA. Retratos do Brasil em movimento pelas lentes de Octavio Ianni. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021