Exportar registro bibliográfico

Análise comparativa de segmentos dos genes das proteínas C e NS1 e da junção E/NS1 de vírus dengue 1 e 2 isolados no Brasil entre 1996 e 2001 (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated author: PIRES NETO, ROBERTO DA JUSTA - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subject: VÍRUS DA DENGUE
  • Language: Português
  • Abstract: Dengue, doença infecciosa humana transmitida por mosquito, é a mais importante arbovirose da atualidade. Predominando em regiões urbanas de países tropicais, a enfermidade acomete anualmente mais de 100 milhões de pessoas no mundo e é causada por vírus RNA classificado em quatro sorotipos. Cada sorotipo, por sua vez, apresenta determinados padrões de variabilidade genômica que permitem uma subclassificação em genótipos. A introdução de novos sorotipos ou genótipos de um sorotipo em determinada região ou país tem sido relacionada com o aparecimento de formas mais graves da doença. Este fenômeno ainda não está totalmente compreendido, mas algumas evidências apontam para mutações genômicas evolutivas como responsáveis por alterações na virulência. Com o intuito de avaliar a variabilidade genômica de vírus dengue e investigar a introdução de novos genótipos no Brasil nos últimos cinco anos, o presente estudo analisou vinte e nove amostras de vírus dengue, dezessete do sorotipo 1 e doze do sorotipo 2, isolados no Brasil entre os anos de 1996 a 2001 em vários estados das quatro regiões de maior endemicidade da doença. Utilizando técnicas de biologia molecular, obteve-se a seqüência nucleotídica de segmentos dos genes de vírus dengue responsáveis pela codificação das proteínas do capsídeo e não-estrutural 1 e da região de junção E/NS 1. Mutações genômicas evolutivas foram observadas nas três regiões genômicas. A região de 147 nucleotídeos do gene da proteínado capsídio apresentou pequena taxa de mutações evolutivas. Por outro lado, a região de 419 nucleotídeos relacionada a proteína não-estrutural 1 apresentou taxa maior de mutações evolutivas, além de reversões. Em relação à região de junção E/NS1, classicamente utilizada para definição de genótipos e estudo filogenético, sua análise revelou que não houve introdução de novos genótipos de vírus dengue no Brasil nos últimos anos. ) Para o sorotipo 1, o genótipo circulante continua sendo o América/Caribe e, para o sorotipo 2, o genótipo continua sendo o Jamaica. Os resultados aqui apresentados representam a maior e mais abrangente análise da variabilidade genômica de vírus dengue circulantes no Brasil. A ocorrência de número cada vez maior de casos de febre hemorrágica em nosso país nos últimos anos parece não estar associada à introdução de novos genótipos. Um monitoramento contínuo se faz necessário haja vista que a detecção precoce da introdução de novos sorotipos e/ou genótipos possibilita a tomada de medidas adequadas visando reduzir o impacto, em termos de saúde pública, causado pela ocorrência de epidemias com casos de febre hemorrágica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.10.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIRES NETO, Roberto da Justa; FONSECA, Benedito Antônio Lopes da. Análise comparativa de segmentos dos genes das proteínas C e NS1 e da junção E/NS1 de vírus dengue 1 e 2 isolados no Brasil entre 1996 e 2001. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Pires Neto, R. da J., & Fonseca, B. A. L. da. (2001). Análise comparativa de segmentos dos genes das proteínas C e NS1 e da junção E/NS1 de vírus dengue 1 e 2 isolados no Brasil entre 1996 e 2001. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Pires Neto R da J, Fonseca BAL da. Análise comparativa de segmentos dos genes das proteínas C e NS1 e da junção E/NS1 de vírus dengue 1 e 2 isolados no Brasil entre 1996 e 2001. 2001 ;
    • Vancouver

      Pires Neto R da J, Fonseca BAL da. Análise comparativa de segmentos dos genes das proteínas C e NS1 e da junção E/NS1 de vírus dengue 1 e 2 isolados no Brasil entre 1996 e 2001. 2001 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020