Exportar registro bibliográfico

Os tipos faciais e suas correlações com a base do crânio: estudo cefalométrico longitudinal (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PANELLA, JURANDYR - FO
  • Unidades: FO
  • Subjects: CEFALOMETRIA (ESTUDO); CRÂNIO; RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA; MEDIDAS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo cefalométrico empregou telerradiografias em norma lateral de 48 jovens, de ambos os sexos, brasileiros e leucodermas, aos 5 e aos 13 anos de idade, a fim de se avaliar longitudinalmente a anatomia da base craniana, os tipos morfológicos faciais e a possível correlação entre eles. A base do crânio foi definida pelas distâncias N-S e S-Ba, pela proporção N-S/ S-Ba e pelo ângulo N.S.Ba, enquanto que os tipos faciais foram classificados em dolicofaciais, mesofaciais e braquifaciais. Os dados mostraram que os valores médios de N.S.Ba não sofreram alteração significativa entre a infância e a adolescência, contudo, aumentaram do grupo dolicofacial para o mesofacial e deste para o braquifacial, em jovens de ambos os sexos, tanto na infância quanto na adolescência, sendo esta diferença estatisticamente significativa somente para adolescentes do sexo masculino. O comprimento médio da base anterior do crânio (N-S) aumentou menos entre a infância e a adolescência nos indivíduos dolicofaciais do que nos mesofaciais e menos nestes que nos braquifaciais, sendo a diferença estatisticamente significante apenas para as meninas. A relação entre N-S e S-Ba decresceu de forma estatisticamente significativa independente do sexo, sugerindo um maior crescimento médio da base craniana posterior em relação à anterior, não havendo distinção estatisticamente significativa de valores médios desta proporção nos três tipos faciais. Quanto às alterações do tipofacial da infância à adolescência, notou-se que o valor médio do VERT aumentou nos jovens dos três tipos faciais, indicando uma tendência de rotação da face no sentido anti-horário. Este aumento foi estatisticamente significativo nas meninas braquifaciais e nos meninos mesofaciais e braquifaciais. )Do total da amostra, 26 (54,2%) não sofreram alteração de tipo facial; 18 (37,5%) apresentaram rotação da face no sentido anti-horário com mudança de tipo facial e somente 4 (8,3%) mostraram alteração de tipo facial com rotação horária do vetor de crescimento da face. Notou-se ainda que dentre as crianças que sofreram rotação da face no sentido anti-horário, com mudança de tipo facial, os meninos revelaram um maior aumento na profundidade facial (ângulo indicativo da projeção anterior do pogônio), enquanto que nas meninas, a modificação mais evidente foi na configuração da mandíbula, representada pelo arco mandibular
  • Imprenta:
  • Source:
    • Título do periódico: Ortodontia
    • ISSN: 0030-5944
    • Volume/Número/Paginação/Ano: v. 34, n. 3, p. 8-17, set./out./nov./dez. 2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Flavio Augusto Cotrim; PANELLA, Jurandyr; FERREIRA, Flávio Vellini; et al. Os tipos faciais e suas correlações com a base do crânio: estudo cefalométrico longitudinal. Ortodontia, São Paulo, v. set./out./no/dez. 2001, n. 3, p. 8-17, 2001.
    • APA

      Ferreira, F. A. C., Panella, J., Ferreira, F. V., Scavone Júnior, H., Martins, D. R., & Liberti, E. A. (2001). Os tipos faciais e suas correlações com a base do crânio: estudo cefalométrico longitudinal. Ortodontia, set./out./no/dez. 2001( 3), 8-17.
    • NLM

      Ferreira FAC, Panella J, Ferreira FV, Scavone Júnior H, Martins DR, Liberti EA. Os tipos faciais e suas correlações com a base do crânio: estudo cefalométrico longitudinal. Ortodontia. 2001 ; set./out./no/dez. 2001( 3): 8-17.
    • Vancouver

      Ferreira FAC, Panella J, Ferreira FV, Scavone Júnior H, Martins DR, Liberti EA. Os tipos faciais e suas correlações com a base do crânio: estudo cefalométrico longitudinal. Ortodontia. 2001 ; set./out./no/dez. 2001( 3): 8-17.


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020