Exportar registro bibliográfico

Comportamento de risco em pré-adolescentes institucionalizados (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: CHIAPETTI, NILSE - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: ADOLESCENTES; INSTITUIÇÕES; MENOR
  • Language: Português
  • Abstract: A presente pesquisa tem por objeto proporcionar conhecimentos sobre a efetividade da institucionalização judicial de pré-adolescentes (não delinqüentes) que procedem de ambientes sócio-familiares desprovidos de condições mínimas de sobrevivência. Fundamentando-se no Modelo Ecológico de Bronfenbrenner, a investigação analisa o comportamento de risco em um grupo daqueles pré-adolescentes. Os objetivos e hipóteses formulados se orientam ao estabelecimento de relações entre comportamentos de risco e fatores adversos incidentes nos contextos de convivência familiar, escolar e institucional desses jovens. Com esse propósito selecionam-se duas amostras desses sujeitos: 50 procedentes de uma instituição provida de casas-lares e de outros recursos comunitários, do sexo masculino, de 11 a 14 anos de idade, alunos do ensino fundamental, constituindo o grupo experimental; e de outros 50, alunos externos, procedentes da vizinhança da entidade escolhida, como grupo controle, com semelhantes características individuais. Emprega-se, para a coleta de dados, o Questionário Pré-A2, de Pérez-Ramos, especialmente adaptado para a pesquisa. Os resultados mostram que fatores de risco são detectados nos ambientes de convivência familiar, escolar e institucional ou comunitário, e relacionados com os comportamentos de risco analisados (uso de tóxicos, sexualidade inapropriada, agressividade exacerbada e inadaptação social). Em todas as relações, especialmente no uso detóxicos e sexualidade, apresentam-se apreciações mais equilibradas e de resistência aos comportamentos de risco no grupo experimental (G.E.). Em contraste, no grupo controle (G.C.), observa-se maior adesão a tais condutas. Obtém-se certas variações quanto às apreciações entre os grupos sobre os comportamentos de risco e os ambientes de convivência, com menor predisposição a essas condutas com relação à escola. Os objetivos formulados são, desse modo, atendidos. ) Contudo, a verificação de algumas hipóteses requer estudos mais aprofundados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.10.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHIAPETTI, Nilse; PÉREZ-RAMOS, Juan. Comportamento de risco em pré-adolescentes institucionalizados. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Chiapetti, N., & Pérez-Ramos, J. (2001). Comportamento de risco em pré-adolescentes institucionalizados. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Chiapetti N, Pérez-Ramos J. Comportamento de risco em pré-adolescentes institucionalizados. 2001 ;
    • Vancouver

      Chiapetti N, Pérez-Ramos J. Comportamento de risco em pré-adolescentes institucionalizados. 2001 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021