Exportar registro bibliográfico

Estilhaços da experiência urbana moderna: dois bairros na metrópole de São Paulo Tatuapé e Vila Aimoré (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: DUARTE, CLAUDIO ROBERTO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: GEOGRAFIA URBANA; SÃO PAULO (SP)
  • Language: Português
  • Abstract: A partir de conceitos como experiência (urbana), vida cotidiana, crítica imanente e formação (Bildung), pretendo questionar neste estudo suas condições histórico-concretas em dois bairros de São Paulo atual: Tatuapé e Vila Aimoré (Itaim Paulista). A tentativa então é mostrar, através de lugares particulares, as aporias do processo de formação e de uma consciência social crítica (de um "sujeito social") na cidade contemporânea. Formação negada, tal como argumentamos, por se assentar fundamentalmente no trabalho abstrato e na mobilização social, espacial e corporal que ele acarreta: o trabalho social abstrato torna-se, deste modo, a proto-forma fetichista da experiência e da prática social, a mediação social central desintegradora da formação prometida, ao mesmo tempo em que o processo de modernização entra em colapso. Simultaneamente, assim, teremos uma sociedade de mercado em crise permanente de integração social, enormemente dividida e desigual (uma maioria esmagadora de trabalhadores mobilizados, superexplorados, dominados ou permanentemente desempregados e/ou subempregados), vivendo numa cidade também fragmentada, em bairros segregados e hierarquizados, conforme a valorização absoluta da propriedade privada do solo urbano e suas estratégias diferenciais. A experiência urbana tende então a se determinar e se restringir sob formas de lazer administrado em shopping centers; formas de tempo compulsório e apropriado pelo e no transporte coletivo paraa periferia distante (trem); ou ainda na condição de moradias temporárias e precárias em áreas de risco num bairro pobre, violento e hiper-segregado. Por outro lado, então, ela tende a se tornar residual e ambígua no ) que sobra, tal como na escola pública periférica, em espaços religiosos, culturais e comunitários, que lidam com o dilema da exclusão e/ou inclusão social no mercado de trabalho e de consumo. São estes os termos específicos em que há a perda das experiências coletivas, ou ao menos em que se dá seu modo meramente reativo e residual; processo, aqui, enfocado de modo particular, nos dois bairros estudados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.04.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DUARTE, Cláudio Roberto; DAMIANI, Amélia Luisa. Estilhaços da experiência urbana moderna: dois bairros na metrópole de São Paulo Tatuapé e Vila Aimoré. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Duarte, C. R., & Damiani, A. L. (2002). Estilhaços da experiência urbana moderna: dois bairros na metrópole de São Paulo Tatuapé e Vila Aimoré. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Duarte CR, Damiani AL. Estilhaços da experiência urbana moderna: dois bairros na metrópole de São Paulo Tatuapé e Vila Aimoré. 2002 ;
    • Vancouver

      Duarte CR, Damiani AL. Estilhaços da experiência urbana moderna: dois bairros na metrópole de São Paulo Tatuapé e Vila Aimoré. 2002 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021