Exportar registro bibliográfico

Patologia comparada de Callithrix geoffroyi Humboldt, 1812 (Callitrichidae - Primates) mantidos em cativeiro no Centro de Primatologia do Rio de Janeiro (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: LEITE, MARIO CUNHA PEREIRA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPT
  • Subjects: PATOLOGIA COMPARADA; CALLITRICHIDAE; PRIMATAS; AMÉRICA LATINA
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil abriga a maior fauna primatológica do planeta. Contudo, este patrimônio natural é pouco conhecido e enfrenta sérios desafios em virtude da destruição ambiental contínua. Este trabalho procura investigar os processos mórbidos que acometem uma destas espécies ameaçadas, quando mantida em cativeiro, com o intuito de fornecer maiores subsídios a sua criação e ampliar o conhecimento sobre a mesma. Para tanto, foram estudados sessenta e três Callithrix geoffroyi de ambos sexos e de várias faixas etárias que vieram a óbito entre os anos de 1978 e 1998 e que pertenciam ao acervo do Centro de Primatologia do Rio de Janeiro. Estes animais possuíam um detalhado histórico reprodutivo, clínico-laboratorial e necroscópico, além de fragmentos de seus tecidos conservados em formol. A partir deste material foram confeccionadas lâminas histológicas e procedeu-se o estudo microscópico. Quando pertinente, colorações histoquímicas especiais e técnicas imunoistoquímicas foram empregadas, visando uma maior acurácia diagnóstica. Os resultados obtidos demonstram a importância das culturas microbiológicas para a identificação dos agentes infecciosos, o bom desempenho reprodutivo de alguns animais, o pobre estado nutricional dos sagüis ao óbito (60,3% caquéticos, 11,1% magros, 20% bem nutridos, 3,3% obesos e 3,3% indeterminados), os principais órgãos acometidos à macroscopia (pulmão, fígado, baço, linfonodos mesentéricos e intestinos) e à microscopia (pulmão, fígado, baço, linfonodosmesentéricos, intestinos e rins), as causas de morte (septicemia - 22%; pneumonias - 22%; enterites - 11%; caquexia - 19%; síndrome do emagrecimento progressivo - 8%; neoplasias - 6%; síndrome lipidose hepática - 2%; colicistite - 2%; metrites - 5%; e causa indeterminada - 3%), e alguns dos agentes infecciosos primários (Prosthenorchis spp. - 4 casos; Histoplasma capsulatum var. capsulatum - 3 casos; flagelado ) entérico - 1 caso; Klebsiella spp. - 1 caso; Staphylococcus aureus - 1 caso; Streptococcus spp. - 2 casos; Pseudomonas spp. - 1 caso). A partir deste levantamento conclui-se que: a prevalência dos processos patológicos que acometem cada uma das espécies de primatas não-humanos é distinta e, portanto, estes devem ser sempre averiguados; o exame microbiológico é ferramenta imprescindível na identificação determinados agentes infecciosos e deve ser incentivado; quanto melhor estado de conservação da carcaça, mais preciso será o diagnóstico, particularmente em situações em que o trato intestinal é o órgão mais afetado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.03.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEITE, Mario Cunha Pereira; CATÃO-DIAS, José Luiz. Patologia comparada de Callithrix geoffroyi Humboldt, 1812 (Callitrichidae - Primates) mantidos em cativeiro no Centro de Primatologia do Rio de Janeiro. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Leite, M. C. P., & Catão-Dias, J. L. (2002). Patologia comparada de Callithrix geoffroyi Humboldt, 1812 (Callitrichidae - Primates) mantidos em cativeiro no Centro de Primatologia do Rio de Janeiro. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Leite MCP, Catão-Dias JL. Patologia comparada de Callithrix geoffroyi Humboldt, 1812 (Callitrichidae - Primates) mantidos em cativeiro no Centro de Primatologia do Rio de Janeiro. 2002 ;
    • Vancouver

      Leite MCP, Catão-Dias JL. Patologia comparada de Callithrix geoffroyi Humboldt, 1812 (Callitrichidae - Primates) mantidos em cativeiro no Centro de Primatologia do Rio de Janeiro. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021