Exportar registro bibliográfico

Atributos mineralógicos e eletroquímicos, adsroção e dessorção de sulfato em solos paulistas (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: ALVES, MARCELO EDUARDO - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCE
  • Subjects: MINERALOGIA DO SOLO; QUÍMICA DO SOLO; TROCA IÔNICA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivo principal avaliar as relações entre a composição mineralógica de solos representativos do Estado de São Paulo e atributos eletroquímicos dos mesmos como o ponto de efeito salino nulo (PESN) e a capacidade de troca aniônica (CTA). Especial atenção foi dada também à quantificação de cargas negativas de caráter permanente e à contrastação dos resultados com a composição mineralógica da fração argila, a qual foi avaliada de forma qualitativa e semiquantitativa. Além dos atributos eletroquímicos supracitados, a adsorção e a dessorção de sulfato, principal forma inorgânica de enxofre presente nos solos sob condições aeróbicas, foram estudadas visando-se a determinação de índices representativos desses fenômenos e a associação dos mesmos com atributos mineralógicos, químicos e eletroquímicos dos solos. Em uma primeira etapa, amostras coletadas em camadas subsuperficiais de quinze solos localizados em diferentes regiões do Estado de São Paulo foram submetidas a uma intensa caracterização mineralógica, química e eletroquímica. Além dessas avaliações, as amostras foram utilizadas como adsorvedores em estudos de adsorção e dessorção de sulfato. Em um momento posterior e por meio do tratamento estatístico dos dados, procurou-se analisar as relações individuais dos diversos atributos avaliados com o ponto de efeito salino nulo, capacidade de troca aniônica, adsorção e dessorção de sulfato. Os resultados experimentaisobtidos durante a avaliação do ponto de efeito salino nulo das amostras permitiram o desenvolvimento de um programa computacional para o tratamento matemático dos referidos dados visando-se a determinação analítica do valor desse atributo eletroquímico. Testes realizados com dados obtidos por outros autores demonstraram a adequação do programa para a determinação rápida e não-subjetiva do PESN. Em relação às cargas elétricas negativas de superfície, pôde-se verificar ) uma significativa presença de cargas de caráter permanente, fato que apresentou razoável concordância com a composição mineralógica das amostras. Contudo, faz-se necessário a contrastação de resultados obtidos com o método da adsorção de césio com quantidades de cargas permanentes determinadas por meio do uso de outros procedimentos metodológicos. Ao avaliar-se a capacidade de troca catiônica (CTC) das amostras, utilizando-se diferentes métodos, pôde-se observar que os solos com caráter ácrico estiveram dentre aqueles em que as maiores discrepâncias foram verificadas, fato que sugere a necessidade da reavaliação dos métodos empregados para a determinação da CTC efetiva nesses solos. Os procedimentos adotados permitiram verificar que os óxidos de alumínio mal cristalizados presentes na fração argila são os componentes mais diretamente associados ao ponto de efeito salino nulo e a capacidade de troca aniônica das amostras estudadas. Em relação à adsorção de sulfato, novamenteobservou-se acentuada relação direta entre o teor dos óxidos de alumínio mal cristalizados e a capacidade adsortiva das amostras bem como com a afinidade apresentada pela fase sólida em relação ao referido ânion. A gibbsita e os óxidos de alumínio mal cristalizados são os constituintes inorgânicos da fase sólida mais diretamente associados à restrição à dessorção de sulfato nas amostras avaliadas, ao passo que a liberação do sulfato retido apresentou relação direta com o teor de caulinita. Esses dados indicam que as aplicações de gesso agrícola devem ser feitas com maior cautela em solos cauliníticos. Em relação aos atributos de fácil e rápida determinação, o pH das amostras medido em solução de fluoreto de sódio (pH NaF) apresentou estreita relação com a presença de óxidos de alumínio nas amostras estudadas e por essa razão mostrou-se como um índice bastante promissor para a avaliação indireta da capacidade de retenção ) de retenção aniônica de amostras de camadas subsuperficiais de solos das regiões tropicais. Finalmente, um grande número de correlações não significativas entre os teores de óxidos de ferro cristalinos (hematita e goethita) tanto para com atributos eletroquímicos quanto a adsorção de sulfato parecem indicar a existência de acentuada variabilidade comportamental para esses minerais nas amostras estudadas. Desse modo, novos estudos devem ser realizados com os referidos óxidos de ferro visando-se analisar a influência da morfologia, tamanhode cristais e grau de cristalinidade sobre os atributos eletroquímicos e propriedades adsortivas desses minerais. Igualmente, o desenvolvimento de trabalhos de pesquisa de natureza similar envolvendo a gibbsita são também necessários haja vista a completa ausência de informações relacionadas à variabilidade comportamental desse óxido de alumínio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.04.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Marcelo Eduardo; LAVORENTI, Arquimedes. Atributos mineralógicos e eletroquímicos, adsroção e dessorção de sulfato em solos paulistas. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-05082002-165347 >.
    • APA

      Alves, M. E., & Lavorenti, A. (2002). Atributos mineralógicos e eletroquímicos, adsroção e dessorção de sulfato em solos paulistas. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-05082002-165347
    • NLM

      Alves ME, Lavorenti A. Atributos mineralógicos e eletroquímicos, adsroção e dessorção de sulfato em solos paulistas [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-05082002-165347
    • Vancouver

      Alves ME, Lavorenti A. Atributos mineralógicos e eletroquímicos, adsroção e dessorção de sulfato em solos paulistas [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-05082002-165347


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021