Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Inovação e gestão pública em saúde: uma análise da perspectiva local (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MELO, CRISTINA MARIA MEIRA DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-26032020-104251
  • Subjects: ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA; ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA; SISTEMAS LOCAIS DE SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: Identifica e analisa inovações na gestão em saúde de uma perspectiva microlocalizada e tomando em consideração um conceito ampliado de inovação, definido pelos próprios atores/gestores. As inovações foram analisadas como fenômenos não rotineiros e irregulares e consideradas alternativas à condução da gestão formal, distinguindo-se das que buscam maior eficiência. A investigação procura responder à hipótese preliminar de que atores/gestores da saúde, mesmo em situações adversas, são capazes de criar/identificar inovações na gestão real da saúde. Tem como objetivos específicos: a) identificar inovações na gestão em saúde num distrito sanitário; b) interpretar as características e repercussões das inovações identificadas; c) analisar fatores locais da organização e da micropolítica institucional que interferem nas inovações e d) analisar as enunciações avaliativas dos atores locais sobre as inovações identificadas. O percurso metodológico deste estudo empírico apoiou-se numa abordagem qualitativa, através do estudo de caso e na utilização de técnicas adaptadas de análise de conteúdo. Como resultados destacam-se: a capacidade dos atores/gestores locais em identificar inovações na gestão, analisá-las como espaços diferenciados de ação, comunicação e relação; a criação e implementação de inovações na gestão num contexto em que o fator liderança está fora do âmbito institucional/organizacional da saúde, mas fortemente apoiado por atores que dele fazem parte;o papel relevante dos representantes das camadas ditas mais pobres da sociedade que demonstram maior envolvimento e mesmo capacidade de identificar, compreender o significado e utilizar as inovações; a característica peculiar das inovações estudadas, compreendidas como táticas do cotidiano e como redes transversais de informação; a relação das inovações com a existência de fontes e padrões anômalos do contexto local, principalmente pela característica processual das mesmas, constituindo-se, ao mesmo tempo num movimento de recusa à inércia.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.03.2002
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-26032020-104251 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELO, Cristina Maria Meira de; TANAKA, Oswaldo Yoshimi. Inovação e gestão pública em saúde: uma análise da perspectiva local. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-26032020-104251 > DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-26032020-104251.
    • APA

      Melo, C. M. M. de, & Tanaka, O. Y. (2002). Inovação e gestão pública em saúde: uma análise da perspectiva local. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-26032020-104251
    • NLM

      Melo CMM de, Tanaka OY. Inovação e gestão pública em saúde: uma análise da perspectiva local [Internet]. 2002 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-26032020-104251
    • Vancouver

      Melo CMM de, Tanaka OY. Inovação e gestão pública em saúde: uma análise da perspectiva local [Internet]. 2002 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-26032020-104251

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021