Exportar registro bibliográfico

Caracterização estatística da condutividade hidráulica saturada do solo (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MESQUITA, MARIA DA GLORIA BASTOS DE FREITAS - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCE
  • Subjects: CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA DO SOLO; MODELOS MATEMÁTICOS
  • Language: Português
  • Abstract: conjunto de dados; verificou-se a existência da não normalidade na distribuição dos resultados e um ajuste às distribuições lognormal, gama e beta. Dentre estas a função densidade de probabilidade lognormal foi a mais indicada para descrever a distribuição dos resultados e o método Uniformly Minimum Variance Unbiased Estimators foi utilizado para o calculo das medidas de posição (média e mediana) e variabilidade(variância, desvio padrão e coeficiente de variação). ) Como alternativa apresentou-se apossibilidade de estimativa dos valores de Ksat associados aos respectivos niveis de probabilidade de ocorrência segundo essa distribuição, o que permitiria associar esse nivel de probabilidade a estimativas de medidas dependentes de KsatA condutividade hidráulica saturada do solo (Ksat) é uma das variáveis de maior relevância para estudos do movimento de água e solutos no solo. Sua determinação em laboratório e campo produz resultados com elevada dispersão, o que indica que esta variável não possui distribuição simétrica, dificultando a escolha de um valor representativo, justificando um estudo para melhor caracterizá-la. Com o objetivo de estudar a caracterização estatística da Ksat do solo verificou-se a adequação das funções densidade de probabilidade normal, lognormal, gama e beta para descrever, indicar valores a serem adotados como a Ksat para a área considerada e caracterizá-la a partir de níveis de probabilidade de ocorrência. O experimento consistiu em determinar-se a Ksat, pelo método do permeâmetro de carga constante, em amostras indeformadas de três solos (LVAd, LVdf e RQo) da região centro-oeste do Estado de São Paulo. Em cada amostra a Ksat foi determinada três vezes e a média aritmética destas foi considerada. As análises estatísticas constituíram-se de um estudo das medidas de posição e dispersão, estudo de possíveis valores discrepantes, teste de Kolmogorov-Smirnov e análises gráficas para verificação do ajuste dos dados às distribuições, técnicas robustas de comparação de modelos e a obtenção dos valores de Ksat em termos de probabilidade de ocorrência. A Ksat apresentou alta variabilidade, porém não exibindo valores que possam ser considerados como discrepantes do
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.01.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MESQUITA, Maria da Glória Bastos de Freitas; MORAES, Sérgio Oliveira. Caracterização estatística da condutividade hidráulica saturada do solo. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191220-143339/ >.
    • APA

      Mesquita, M. da G. B. de F., & Moraes, S. O. (2002). Caracterização estatística da condutividade hidráulica saturada do solo. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191220-143339/
    • NLM

      Mesquita M da GB de F, Moraes SO. Caracterização estatística da condutividade hidráulica saturada do solo [Internet]. 2002 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191220-143339/
    • Vancouver

      Mesquita M da GB de F, Moraes SO. Caracterização estatística da condutividade hidráulica saturada do solo [Internet]. 2002 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191220-143339/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021