Exportar registro bibliográfico

Atos de resistência cultural e educação: discursos e expectativas para além de Zumbi (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: JESUS, CONCEIÇÃO APARECIDA DE - FE
  • Unidade: FE
  • Sigla do Departamento: EDA
  • Subjects: CULTURA; IDENTIDADE CULTURAL; EDUCAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Trata-se de pesquisa qualitativa que teve como campo empírico as narrativas concedidas por dez mulheres negras, nascidas na década de 30 sob os apanágios da política liberal do regime republicano, contexto propiciador de reformas constitucionais que aduziram mudanças sociais, sobretudo na educação, que facultaram o acesso à escola pública de camadas da população pobre, entre as quais o negro consiste maioria. O trabalho se propôs a investigar, através do disposto na memória, o cotidiano vivido pelos afro-descendentes sob o julgo da nova ordem, a fim de redimensionar seu conteúdo em direção ao fortalecimento da dignidade, orgulho e auto-respeito. A escolha recaiu sobre as mulheres com o objetivo de reorientar os estudos feitos acerca da ascensão social dos afro-descendentes, que costumam ter como questão central das análises o êxito do homem negro em seu acesso aos bens do mundo capitalista, com implicações de prestígio determinadas pela auferição das conquistas obtidas sob o prisma do valor de consumo. Foram gravadas narrativas biográficas e os depoimentos, posteriormente, transcritos na íntegra, configurando o material utilizado na investigação. A análise dos textos obedeceu ao disposto pela teoria enunciativa-discursiva da linguagem, com base nos pressupostos de Bakthin e Benjamin, de modo a considerar o sentido das palavras articulado do lugar de seu contexto de produção, compreendendo referências teóricas da antropologia cultural - Auge,Guattari, Muniz Sodré; os sistemas de representação social estudados por Goffman e Focault; o desempenho da memória na formulação de projetos vistos por Gilberto Velho. O alvo da discussão veiculada por esse repertório dialógico e interdisciplinar são as relações constitutivas da alteridade e de identidade no contexto das famílias de afro-descendentes, tendo por objeto as trajetórias de vida de mulheres negras, enfocando os atos e cenários envolvidos na busca da ) realização de propósitos vinculados ao patrimônio cultural dos antepassados, herança que pressupõe um conjunto de valores, filiações e pertencimentos. Discurso e atores movimentam-se no espaço da representação social tendo em vista a legitimação do legado ancestral, envolvendo os desafios inerentes à condução das escolhas, ações e preceitos comprometidos com tradições constituídas pela ordem da cosmogonia, que elege a família, a religião, a arte e o saber como instâncias que revitalizam a dignidade da condição humana aviltada no regime escravocrata
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.11.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JESUS, Conceição Aparecida de; FISCHMANN, Roseli. Atos de resistência cultural e educação: discursos e expectativas para além de Zumbi. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Jesus, C. A. de, & Fischmann, R. (2001). Atos de resistência cultural e educação: discursos e expectativas para além de Zumbi. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Jesus CA de, Fischmann R. Atos de resistência cultural e educação: discursos e expectativas para além de Zumbi. 2001 ;
    • Vancouver

      Jesus CA de, Fischmann R. Atos de resistência cultural e educação: discursos e expectativas para além de Zumbi. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021