Exportar registro bibliográfico

Análise de adutos de DNA de compostos policíclicos aromáticos por eletroforese capilar com detecção por fluorescência induzida a laser (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: FORMENTON, ANA PAULA - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Assunto: QUÍMICA ANALÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Vários compostos poluentes são encontrados na atmosfera e dentre eles os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA), uma das classes de compostos que possuem propriedades carcinogênicas e/ou mutagênicas. Estes compostos são produzidos por diversas fontes de emissão, tanto naturais como antropogênicas e podem entrar no organismo por ingestão, inalação ou absorção da pele. O HPA mais estudado é o benzo[a]pireno que quando dentro do organismo é metabolizado ao BPDE (7,8-diol 9,10-epóxido anti-7, 8, 9, 10-tetrahidrobenzo[a]pireno), o qual pode se ligar as bases nitrogenadas do DNA (principalmente à guanina) formando um aduto. A presença de adutos pode induzir a erros de replicação do DNA e subseqüente mutação genética e/ou formação de um tumor carcinogênico. Entretanto, 1 aduto para cada 1 x '10 PO.6' - 1 x '10 POT.9' nucleotídeos são formados e portanto, a técnica analítica utilizada deve possuir alta sensibilidade. A eletroforese capilar (CE) é uma técnica que produz separações eficientes e quando a detecção é feita por fluorescência induzida a laser (LIF), alta sensibilidade pode ser obtida. O objetivo principal do estudo foi o desenvolvimento de uma metodologia para avaliar o grau de exposição dos trabalhadores ambientalmente expostos aos HPA (cortadores de cana-de-açúcar e carvoeiros), utilizando o aduto dGMP-BPDE como um biomarcador. Neste trabalho a CE-LIF foi utilizada para análise do aduto de desoxiguanosina monofosfato (dGMP) e BPDE, bem como para adeterminação do limite de detecção e curva analítica. Desse modo, após a determinação dos parâmetros analíticos tornou-se possível, a análise de adutos de DNA do sangue desses trabalhadores. Após vários estudos sobre a síntese in vitro, desenvolveu-se uma metodologia para purificação e quantificação do padrão dGMP-BPDE, o qual foi utilizado em ensaios de recuperação. ) O limite de detecção encontrado foi de 2,5 x '10 POT.-9' 'molL POT.-1', considerando-se uma relação sinal/ruído de 3. A recuperação do método no entanto, não apresentou bons resultados devido a degradação do aduto durante o procedimento e para determiná-la mais estudos necessitam ser realizados. Nas análises de amostras de sangue dos trabalhadores ocupacionalmente expostos aos HPA, o aduto dGMP-BPDE não foi detectado, possivelmente devido as quantidades de adutos produzidas serem inferiores ao limite de detecção do método, ou seja, menor que a relação de 1 aduto formado em 1 x '10 POT.7' nucleotídeos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.10.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FORMENTON, Ana Paula; CARRILHO, Emanuel. Análise de adutos de DNA de compostos policíclicos aromáticos por eletroforese capilar com detecção por fluorescência induzida a laser. 2001.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2001.
    • APA

      Formenton, A. P., & Carrilho, E. (2001). Análise de adutos de DNA de compostos policíclicos aromáticos por eletroforese capilar com detecção por fluorescência induzida a laser. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Formenton AP, Carrilho E. Análise de adutos de DNA de compostos policíclicos aromáticos por eletroforese capilar com detecção por fluorescência induzida a laser. 2001 ;
    • Vancouver

      Formenton AP, Carrilho E. Análise de adutos de DNA de compostos policíclicos aromáticos por eletroforese capilar com detecção por fluorescência induzida a laser. 2001 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021