Exportar registro bibliográfico

Jacques Godbout e o romance da volta (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: IUNES, SAMIRA ABIRARD - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Assunto: LITERATURA DE EXPRESSÃO FRANCESA
  • Language: Português
  • Abstract: Jacques Godbout, romanista do Québec, escreveu sete romances, de 1962 a 1993, além de artigos poesias, e um diário. Homem da mídia, ile é, além disso, cineasta e trabalha na importante instituição Radio- Canada. Diríamos que ele é um escritor político, se bem que não engajado, segundo ele-mesmo. Seus romances foram publicados em momentos precisos dos movimentos culturais e políticos da Província do Québec. Seu primeiro romance, L 'Aquarium é de 1962, apareceu quando o "nouveau roman" estava em moda: o cenário quase substituindo as personagens. Nele já despontam alguns elementos permanentes da obra de Godobout,com a Etiópia entrando no seu litérário e o herói longe do Québec. Em 1964, Le couteau sur la table traz a personagem de volta para o Canadá- inglês, onde tentará matar Patrícia, seu amor e sua inimiga, para poder conquistar seu lugar ao sol.Estamos no tempo da Revolução Tranqüila e de sua variações violentas, como o Front de Libération du Québec (FLQ, movimento político e social que desperta os quebequenses para a busca consciente da identidade. Em 1966, o herói de Salut Galarneau! parece ter encontrado seu país e sua. paz, mas François Galarneau vai descobrir mais tarde, em 1993, que o momento do encontro não havia ainda chegado. D'Amour P.O. de 1972, L'Isle au dragon, de 1976 e Les têtes à Papineau, de 1981 mergulham o herói em um mundo alegórico ( evidente demais) e de contos de fada, "encantando-os" e fazendo-os fugir da realidade: ao do entusiamoda população para um primeiro Referendum em favor da independência do Québec, seguiu-se o torpor e a decepção. Ainda que as ações desses romances se situem no Québec, seus heróis não se sentem à vontade onde estão. O que leva Godbout a colocar sua próxima personagem no Estados-Unidos, em 1986, com Une histoire américaine. Depois de muitos quiproquos passadosna )cidade de São Francisco, Grégory Francoeur, contra sua vontade, é obrigado a voltar ao Québec, de onde sairá na pele de Galarneau, em direção ao espaço sideral. Levando em conta as várias tentativas de fazer o herói a tocar o porto seguro e seus conseqüentes fracassos, consideramos que a obra godbouciana conta a história de uma volta, até hoje impossível. Para abordar este tema doloroso, Godbout serve-se de uma narrativa fragmentada, de uma escrita temporal agitada, fazendo apelo à americanidade e à quebecidade. Esta narração, que joga violentamente com o tempo- intromissão brusca do passado no presente - quer recriar a realidade através do que a personagem Galarneau chama de "vécrire" = escreviver, escrevivendo, ou seja, a reapropriação do país, depois da possessão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      IUNES, Samira Abirad; PINTO, Maria Cecilia Queiroz de Moraes. Jacques Godbout e o romance da volta. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Iunes, S. A., & Pinto, M. C. Q. de M. (2001). Jacques Godbout e o romance da volta. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Iunes SA, Pinto MCQ de M. Jacques Godbout e o romance da volta. 2001 ;
    • Vancouver

      Iunes SA, Pinto MCQ de M. Jacques Godbout e o romance da volta. 2001 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021