Exportar registro bibliográfico

Seleção de abelhas africanizadas para a melhoria na produção de própolis (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: MANRIQUE, ANTONIO JOSÉ - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: ABELHAS; MELHORAMENTO GENÉTICO
  • Language: Português
  • Abstract: Algumas colônias de abelhas Apis mellifera produzem mais própolis que outras, e esta característica pode ter controle genético. Esta possibilidade foi estudada em vários experimentos, desenvolvidos em três etapas de abril de 1998 a março de 2001, em seis localidades: no apiário da Apis Flora; no apiário experimental da Universidade de São Paulo, os dois em Ribeirão Preto; apiário na usina Bonfim, no município Guariba; apiário em Pradópolis, no município Pradópolis; na reserva florestal de cerrado "Pé de Gigante" no município Santa Rita do Passa Quatro a na Fazenda América, no município Luiz Antônio no Estado de São Paulo, Brasil. Os objetivos foram: iniciar um programa de melhoramento genético de abelhas para aumentar a produção de própolis; verificar a correlação entre produção de própolis e de mel; determinar a influência da variação sazonal sobre a qualidade da própolis; estimar a influência da população sobre a produção da própolis e estimar a herdabilidade da produção de própolis. Na primeira etapa, de abril de 1998 a julho de 1998, trabalhou-se com 450 colônias com padrões diferentes, com: 'C IND.1'= ninho, 'C IND.2'= ninho e sobreninho e 'C IND.3'= ninho e dois sobre?ninhos e foram obtidos resultados atípicos, com comportamentos produtivos variáveis; no apiário Pradópolis a 'C IND.1' foi estatisticamente inferior com uma média de 35,52 g/colônia, mais de duas vezes menos do que os outros padrões. No apiário Bonfim as 'C IND.1'= 49,16 g/colônia foram superiores(P<0,05) das C2= 37,70 g/colônia e C3= 37,00 g/colônia. Na Fazenda América as 'C IND.2'= 49,95 g/colônias foram estatisticamente superiores a do que 'C IND.1 'e 'C IND.3'. Nesta etapa foram selecionadas as 9 melhores colônias que serviram como matrizes para o início do programa de seleção. Na segunda etapa, de agosto de 1998 a outubro de 1999, foram avaliadas 112 colônias, das quais 62 ('F IND.1') eram selecionadas. Os resultados ) obtidos nesta etapa não mostraram diferenças estatísticas na produção de própolis entre as abelhas selecionadas e as não selecionadas, embora as selecionadas tivessem produzindo 44,80% a mais que as não selecionadas. Já na produção de mel, dentro das selecionadas, as colônias propolisadoras produziram uma média de 53,53 kg/colônia comparado com 38,10 kg/colônia das não propolisadoras. Na terceira etapa foram usadas 100 colônias de abelhas procedentes de enxames capturados na reserva florestal "Pé de Gigante". Só 25 colônias produziram própolis com média de 87,45 g e as outras 75 não coletaram própolis. As colônias produtoras de própolis (CPM) foram superiores (P<0,01) na produção de mel, com média de 26,98 kg contra 13,93 kg das colônias não produtoras de própolis (CM). Os resultados obtidos mostraram correlação direta entre a produção de mel e a produção de própolis. Uma colônia foi selecionada pela quantidade de própolis produzida, embora duas produziram própolis verde. Na quarta etapa, avaliaram-se 138 colônias queprovinham das de duas melhores colônias da segunda etapa e de uma matriz desenvolvida com cruzamentos de rainhas selecionadas na primeira e terceira etapa, das quais 71 selecionadas ('F IND.2') e 67 não selecionadas para produção de própolis. Não houve diferenças estatisticamente significativas; porém para aprodução de mel encontram-se diferenças (P<0.05) dentre as colônias selecionadas, sendo que as colônias propolisadoras tiveram um amédia de 55,35 Kg/colônia e as não Propolisadoras 49,97 Kg/colônia. Depois do processo de seleção a média da produtividade da própolis aumentou em mais de 71% ao passar de 32,9 g/colônia para 56,3 g/colônia em três gerações. Houve correlação positiva entre a produção de própolis e de mel, com valores de r=0,34 e r=0,42 mostrando que as abelhas que mais produziram própolis também produziram mais mel. A herdabilidade calculada para a produção ) de própolis foi de 'h POT.2'=0,807 '+ OU -'0,543 e para a produção de mel foi de 'h POT.2'=0,428 '+ OU -' 0,543. A herdabilidade realizada na produção de própolis apresentou valores de 'h POT.2'=0,16 e 'h POT.2'=0,53. Estes resultados mostram que é possível selecionar abelhas para aumentar a produção de própolis e para melhorar a produtividade de mel. As porcentagens de cinzas, umidade e cera das própolis analisadas estiveram dentro dos parâmetros exigidos pela legislação brasileira. Apenas uma amostra coletada no mês de março no Pé de Gigante esteve acima de 20% no conteúdo de cera. Os teores deflavonóides de duas colônias que produziram própolis verde foram maiores do que das outras 23 colônias não selecionadas e variam de 0,15% até 2,45% nos apiários de "Pé de Gigante" e de 0,23% até 3,22% na Fazenda América. A propriedade antioxidante dos extratos etanólicos de própolis (EEP), foram menores que os 22 segundos exigidos pela legislção brasileira em quase todas as amostras. As amostras provenientes de colméias não selecionadas do apiário " Pé de Gigante" e apenas uma amostra coletada no mês de 2000 do apiário América, apresentaram valores maiores que os permitios. Os EEP mostraram atividade antimicrobiana, exceto as amostras de fevereiro e março do apiário Pé de Gigante e a amostra de outibro da Fazenda América, que não inibiram o crescimento do Staphylococcus aureus ATCC 25.923 e do Micrococcus luteus ATCC 9.341
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.09.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MANRIQUE, Antônio José; SOARES, Ademilson Egea Spencer. Seleção de abelhas africanizadas para a melhoria na produção de própolis. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Manrique, A. J., & Soares, A. E. S. (2001). Seleção de abelhas africanizadas para a melhoria na produção de própolis. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Manrique AJ, Soares AES. Seleção de abelhas africanizadas para a melhoria na produção de própolis. 2001 ;
    • Vancouver

      Manrique AJ, Soares AES. Seleção de abelhas africanizadas para a melhoria na produção de própolis. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021