Exportar registro bibliográfico

Investigação fitoquímica das raízes de Viguiera arenaria Baker (Asteraceae) e ensaios biológicos (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: AMBROSIO, SÉRGIO RICARDO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 593
  • Subjects: PLANTAS HERBÁCEAS (QUÍMICA); FARMACOBOTÂNICA
  • Language: Português
  • Abstract: No presente trabalho são descritos a extração, isolamento, purificação, elucidação estrutural e ensaios biológicos de micromoléculas presentes no extrato em diclorometano das raizes de Viguiera arenaria Baker (família Asteraceae, tribo Heliantheae), uma planta herbácea nativa de cerrados do Brasil. As etapas de extração, isolamento e purificação das substâncias foram efetuadas utilizando-se métodos cromatográficos, sendo que as elucidações estruturais foram realizadas com auxílio de métodos espectrométricos (IV, RMN 'ANPOT.1H', RMN 'ANTPOT.13c', DEPT 135, HMQC, HMBC a Noe-diff) e dados da literatura. Foram identificadas 10 substâncias, todas diterpenóides da classe dos pimaranos, classe de ocorrência rara em Viguiera. Seus nomes e sódigos são descritos a seguir: ácido ent-pimara-8(14), 15-dien-19-ico (VADH1), ácido 7-ceto ent-pimara-8 (14), 15-dien-19-ico (VADH2), ent-8(14), 15-pimaradien-3'beta'-ol (VADH3), ent-8(14), 15-pimaradieno-3'beta', 19-diol (VADH4), ent-15-pimareno-8'beta',19 diol (VADH5), ácido 11'beta'-hidróxi ent-pimara-8(14), 15-dien19-ico (VADH6), ent-8(14), 15-pimaradieno-3'beta', 11'beta'- diol (VADH7), ácido 7-ceto ent-pimara-8, 15-dien-19-ico (VADD1), ácido 7'beta'-hidróxi ent-pimara-8(14),15-dien-19-ico (VADD2) e ent-8(14), 15-pimaradieno-3'beta', 7'alfa'-diol (VADD3). As estruturas das substâncias VADH6, VADH7 e VADD3 são novas na literatra. As substâncias VADH1, VADH3 e VADH4, isoladas em quantidade suficiente,foram utilizadas em ensaios farmacológicos de inibição de contração da musculatura lisa do útero e artéria carótida de ratos quando expostos ao dos agonistas acetilcolina, fenilefrina e solução de KCl. Foram ainda avaliadas com relação às suas atividades tripanocida in vitro e in vivo contra Trypanossoma cruzi e antimicrobiana, frente a bctérias gram-positivas e gram-negativas. Os resultados obtidos demonstraram que os três metabólitos avaliados são capazes de promover inibição da ) contração de útero e da artéria carótida in vitro de uma maneira significativa. Embora o efeito contra o T. cruzi tenha sido satisfatório, tais moléculas não são promissoras como agetes profiláticos ou eventuais medicamentos. A substancia VADH1 apresentou efeito positivo contra as bactérias Staphylococcus aureus e Salmonela typhi
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMBROSIO, Sérgio Ricardo; COSTA, Fernando Batista da. Investigação fitoquímica das raízes de Viguiera arenaria Baker (Asteraceae) e ensaios biológicos. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Ambrosio, S. R., & Costa, F. B. da. (2001). Investigação fitoquímica das raízes de Viguiera arenaria Baker (Asteraceae) e ensaios biológicos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ambrosio SR, Costa FB da. Investigação fitoquímica das raízes de Viguiera arenaria Baker (Asteraceae) e ensaios biológicos. 2001 ;
    • Vancouver

      Ambrosio SR, Costa FB da. Investigação fitoquímica das raízes de Viguiera arenaria Baker (Asteraceae) e ensaios biológicos. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021