Exportar registro bibliográfico

Avaliação das condições sistêmicas e bucais de um grupo de idosos não institucionalizados de Franca (SP): realidade e necessidade de reabilitação oral (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: LEITE, RONALDO ANTONIO - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: IDOSOS (ODONTOLOGIA); REABILITAÇÃO BUCAL; PATOLOGIA BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: Dedicar-se ao estudo dos problemas sistêmicos e orais do idoso é tarefa difícil pois compreende conhecimentos profundos de todas as alterações morfológicas e funcionais que estão ocorrendo na vida do indivíduo durante anos. Este trabalho tem por objetivo conhecer os principais problemas de saúde bucal em um grupo de idosos de Franca, Estado de São Paulo, em atendimento no Centro de Convivência do Idoso da Prefeitura Municipal daquela cidade. Os resultados mostraram que dos 210 pacientes acima de 60 anos avaliados, 82,4% eram do sexo feminino e da raça branca, com predomínio da faixa etária de 60-70 anos (60,5%). De um total de 489 doenças sistêmicas relatadas predominaram: hipertensão (21,5%), artrose (11,9%), diabete melito (9%), osteoporose (7%) e hipercolesterolemia (4,3%) e os indivíduos tomavam , em média, 4 medicamentos ao dia. O hábito mais comumente relatado foi o de dormir com a prótese (55,1%) e o vício mais comum foi o de morder mucosa (23,4%). Do total de pacientes 159 eram desdentados totais (75,7%) e somente 23 eram dentados em ambos os arcos (11%). Dos desdentados, 8,2% e 32,5% não utilizavam qualquer aparelho protético reabilitador para os arcos superior e inferior, respectivamente. Dos dentados, 85% apresentava periodontite nos dentes remanescentes, com 12 dentes presentes e 5,8 cariados, em média. Com relação às próteses, 47,5% estavam inadequadas e 84,5% dos pacientes relataram não ter recebido orientação quanto à troca. As próteses eramhigienizadas em média 3 a 4 vezes ao dia, mas 77% dos usuários não receberam instrução de como proceder à higiene e 64% das mesmas estavam mal higienizadas. Somente 32,5% dos pacientes portadores de aparelhos protéticos estavam contentes com eles e as causas de insatisfação mais relatadas foram falta de estabilidade, presença de dor, desgaste e fratura da prótese. As patologias orais mais freqüentes foram candidíase (28,4%), hiperplasia fibrosa (21,1%) e ) hiperplasia por câmara de sucção (16,5%) .Em relação às próteses totais, 98% dos pacientes não utilizavam produtos para fixação das mesmas, 35% delas estavam fraturadas, 34% dos pacientes queixaram-se de alteração do paladar pelo uso da prótese e 76% das próteses superiores foram consideradas com boa estabilidade em contraste com apenas 41 % das inferiores. Para as próteses removíveis, 28,6% apresentavam pilares ausentes e 14% tinham grampos fraturados. Para as próteses fixas, 100% eram supragengivais e 38,5% apresentavam boa adaptação. A maioria dos dentes presentes encontrava-se cariada ou com periodontite. Os idosos examinados neste estudo evidenciam necessidade de vários tipos de reabilitação, embora prevalecesse a necessidade de prótese total
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.07.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEITE, Ronaldo Antônio; LACERDA, Suzie Aparecida de. Avaliação das condições sistêmicas e bucais de um grupo de idosos não institucionalizados de Franca (SP): realidade e necessidade de reabilitação oral. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Leite, R. A., & Lacerda, S. A. de. (2001). Avaliação das condições sistêmicas e bucais de um grupo de idosos não institucionalizados de Franca (SP): realidade e necessidade de reabilitação oral. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Leite RA, Lacerda SA de. Avaliação das condições sistêmicas e bucais de um grupo de idosos não institucionalizados de Franca (SP): realidade e necessidade de reabilitação oral. 2001 ;
    • Vancouver

      Leite RA, Lacerda SA de. Avaliação das condições sistêmicas e bucais de um grupo de idosos não institucionalizados de Franca (SP): realidade e necessidade de reabilitação oral. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020